arnaldo.jpeg
Arnaldo Antunes


Arnaldo Augusto Nora Antunes Filho nasceu em São Paulo no dia 2 de setembro de 1960. É um músico, poeta, compositor e artista visual brasileiro. Em 1978 ingressou na FFLCH da USP, onde seguiria o curso de Linguística, mas abandonou o projeto devido ao sucesso dos Titãs que surgiu a partir de uma apresentação na Biblioteca Mário de Andrade em 1982, e passou a fazer shows em várias casas noturnas em São Paulo, com o nome Titãs do Iê-Iê. Arnaldo saiu dos Titâs em 1992. Apesar de sua saída, ele continuou compondo com os demais integrantes da banda e várias dessas parcerias foram incluídas nos álbuns dos Titãs, assim como em seus álbuns solo. O seu primeiro álbum solo, Nome, foi lançado em 1993 pela RCA Records. O seu segundo álbum de estúdio, Ninguém, foi lançado em 1995 pela BMG. O seu terceiro álbum, O Silêncio, foi lançado em 1996. Em 1997, fez participação especial no álbum, Acústico MTV, dos Titãs. Na ocasião, Arnaldo cantou a faixa "O Pulso", música originalmente gravada no álbum da banda, Õ Blésq Blom de 1989. O seu quarto álbum, Um Som, foi lançado em 1998, e contém a canção "Socorro". O seu quinto álbum, Paradeiro, foi lançado em 2001, No ano de 2002, formou o trio Tribalistas, em parceria com Marisa Monte e Carlinhos Brown e lançaram o álbum, Tribalistas. O álbum foi sucesso de público e crítica no Brasil e na Europa. Foi também indicado a 5 categorias no Grammy Latino em 2003, e ganhando como Melhor Álbum Pop Contemporâneo Brasileiro. 

 

O seu sexto álbum, Saiba, foi lançado em 2004. O seu sétimo álbum, Qualquer, foi lançado em 2006, com a versão de "Acabou Chorare" de Moraes MoreiraArnaldo ainda atuou como ensaísta no jornal Folha de S.Paulo. O seu primeiro álbum ao vivo, Ao Vivo no Estúdio, foi lançado em 2007 pela Biscoito Fino em formato de CD e DVD, que passeia por toda sua carreira e que conta com as participações especiais do Nando Reis, Branco Mello dos Titãs, Edgard Scandurra do Ira! e Marisa Monte e Carlinhos Brown dos Tribalistas. Em 2008, ele fundou a banda Pequeno Cidadão, que integrou até 2012, com Edgard Scandurra, Taciana Barros e Antonio Pinto, além de seus filhos e sobrinhos. Em outubro de 2008, a revista Rolling Stone promoveu a Lista dos Cem Maiores Artistas da Música Brasileira, na qual Arnaldo ocupou o 95° lugar. O seu oitavo álbum de estúdio, Iê Iê Iê, foi lançado em 2009. As faixas "Sua Menina", "Um Quilo", "Sim ou Não" e "Luz Acesa" foram compostas no período em que Arnaldo fazia parte dos Titãs. O segundo álbum, Ao Vivo lá em Casa, foi lançado em 2010 pela Rosa Celeste. O álbum foi gravado em um show em sua própria casa, localizada no bairro Alto de Pinheiros, em São Paulo, desde quando mudou para lá em 2003. Foi a primeira produção nacional de um show em parceria com o canal VH1 Brasil. Em 2011, Arnaldo foi VJ na MTV Brasil, comandando o programa mensal Grêmio Recreativo. O seu terceiro álbum ao vivo, Acústico MTV - Arnaldo Antunes, foi lançado em 3 de maio de 2012, disponível para Download digital no iTunes pela Rosa Celeste

 

A exibição do DVD ocorreu em março de 2012 no canal MTV. Foi o último Acústico gravado pela MTV Brasil. Arnaldo colaborou com a banda portuguesa Clã nos seus álbuns e espetáculos. Em 2015, participou da canção "Trono de Estudar", composta por Dani Black em apoio aos estudantes que se articularam contra o projeto de reorganização escolar do governo estadual de São Paulo. A faixa teve a participação de outros 17 artistas brasileiros. O seu nono álbum, Disco, foi lançado em 2013 pela Radar Records. O seu décimo álbum,, foi lançado em 18 de setembro de 2015 pela Sony Music. Arnaldo viajou pelo mundo durante seis meses e assim ia compondo as canções sem pressa, segundo o mesmo isso o ajudou bastante no processo. O seu quarto álbum ao vivo, Ao Vivo em Lisboa, foi lançado em 2017. Os Tribalistas lançaram o seu segundo álbum, Tribalistas, que foi lançado em 25 de agosto de 2017. O programa, Especial Tribalistas, foi exibido no dia 31 de agosto pela Rede Globo. Após a exibição, todas as músicas do álbum emplacaram nas paradas da iTunes Store e o álbum alcançou a posição 13 na Billboard World Albums. A Tribalistas Tour 2018, foi a primeira turnê conjunta do trio, que percorreu grandes estádios e arenas em dez capitais brasileiras. O seu décimo primeiro álbum, RSTUVXZ, foi lançado em 2018, e foi eleito o 16º melhor álbum brasileiro pela revista Rolling Stone Brasil. Fora da música, também já expôs trabalhos em artes plásticas. O seu décimo segundo álbum, O Real Resiste, foi lançado em 2020.