celso.jpeg
Celso Bues Boys

 

Celso Ricardo Furtado de Carvalho nasceu no Rio de Janeiro no dia 5 de janeiro de 1956. Foi um cantor e guitarrista brasileiro de blues e rock. Celso começou a tocar profissionalmente na década de 1970, acompanhando Raul Seixas e Sá e Guarabyra. Ele montou a banda Legião Estrangeira em 1976, com a qual se apresentava em bares e casas de show. Em 1978 integrou a Banda Magia Branca, formada com Marcelo de Brito, Roberto Lly, Romney e Luiz Alfredo, muito prestigiada na cena carioca. Ele passou a ser mais conhecido em 1980, quando mandou uma fita para a Rádio Fluminense, uma emissora especializada em rock, no Rio. Em 1983, Celso lançou os compactos “Eu Disse Adeus” / “Caminhando" e “Fugindo de Mim” / “Sinto Tanta Vontade”. O seu primeiro álbum, Som na Guitarra, foi lançado em 1984, com a canção "Aumenta que Isso Aí É Rock'n Roll", seu maior sucesso.

 

Celso foi um dos primeiros a cantar blues em português, e escolheu o nome artístico em homenagem ao ídolo B. B. King, um dos pais do gênero, com quem também tocou na década de 1980. Celso protagonizou shows épicos no Circo Voador, no Rio de Janeiro, na década de 1980. Aliando o blues ao rock ’n’ roll, explorando ao máximo seu potencial como guitarrista, lotava esta casa de shows na Lapa com um público fiel. Nestas apresentações, tornou conhecida sua inseparável Fender Stratocaster preta, com o adesivo Blues Boy. Consolidou-se como compositor, guitarrista e cantor no rock nacional dos anos 80 como o único artista que tinha como referência musical o blues, influenciando posteriormente o surgimento de outras bandas nacionais do gênero. O seu segundo álbum, Marginal Blues, foi lançado em 1986, e emplacou o sucesso “Marginal”, com participação especial de Cazuza. O seu terceiro álbum, Celso Blues Boy 3, foi lançado em 1987, e destaca o sucesso “Sempre Brilhará”.

 

O seu quarto álbum, Blues Forever, foi lançado em 1988, todo em inglês, com clássicos americanos do Blues. O seu primeiro álbum ao vivo, Celso Blues Boy (Ao Vivo), foi lançado em 1991, com os seus grandes sucessos, sendo gravado no Circo Voador. No fim da sua vida, Celso morava em Joinville, Santa Catarina. O seu único DVD, Quem Foi Que Falou Que Acabou o Rock N' Roll? (ao vivo - Circo Voador), foi lançado em 2008. Foi um ilustre torcedor do Vasco da Gama, tendo participado do megashow comemorativo dos 113 anos do clube, onde tocou em sua guitarra o hino do Vasco da Gama. A última apresentação ao vivo de Celso Blues Boy foi durante a terceira edição do Mississippi Delta Blues Festival, na Estação Férrea, em Caxias do Sul no dia 25 de novembro de 2010. Celso Blues Boys faleceu no dia 6 de agosto de 2012 em decorrência de um câncer na garganta. O seu álbum póstumo, Celso Blues Boy Acústico, foi lançado em 2015.