chicago.jpg
Chicago

Foi uma banda americana de Pop Rock. A formação inicial da banda, foi chamada de The Big Thing, e incluía Walter Paraider no saxofone, Lee Loughnane no trompete, Terry Kath na guitarra e voz, Danny Seraphine na bateria, James Pankow no trombone e Robert Lamm no órgão e voz. No começo, a banda não tinha baixista, mas, em dezembro de 1967, o baixista e vocalista Peter Cetera se juntou a eles. Sob a orientação do empresário e produtor James William Guercio, que, inicialmente, tinha dado à banda o nome de Chicago Transit Authority, nome que teve depois de ser reduzido porque o Departamento de Trânsito de Chicago não autorizou o uso do nome.  A banda se mudou para Los Angeles e assinou um contrato com a Columbia Records. O seu primeiro álbum, Chicago Transit Authority, foi lançado em 1969, e colocou quatro singles nas paradas musicais. O seu álbum, Chicago X, foi lançado em 31 de julho de 1976. O single "If You Leave Me Now" chegou ao topo na Billboard Hot 100, e permaneceu lá por duas semanas, tornando-se o primeiro hit número um da banda. Terry Kath, de 32 anos, acidentalmente atirou e se matou enquanto brincava com uma arma em uma festa, dizendo aos outros ao seu redor que a arma havia sido descarregada. Seu lugar na banda foi preenchida por Donny DacusJames William Guercio, o empresário da banda, foi acusado de estar roubando a banda, terminando em sua demissão.

 

O guitarrista Bill Champlin entrou no lugar de Terry. O seu álbum, Chicago 16, foi lançado em 1982, com sua canção "Hard to Say I'm Sorry". O álbum colocou a banda de volta às paradas de sucesso. Peter se desligou da banda em 1985. Ele não queria sair mais em turnê, e decidiu seguir carreira solo. Em 1990, no meio de uma turnê, o baterista da formação original, Danny Seraphine, foi demitido e entra em seu lugar Tris Imboden. O seu álbum, Chicago XXX, foi lançado em 2006Em agosto de 2009, Champlin foi demitido da banda, e foi substituído pelo tecladista Lou Pardini. Em 2012, Hester deixou a banda pouco antes da turnê, e foi sucedido inicialmente pelo percussionista Daniel de los Reyes e depois pelo irmão de Daniel, Walfredo. Reyes Jr. O seu primeiro álbum, Chicago Transit Authority, lançada em 1969, foi incluído no Grammy Hall of Fame em 2014. O seu vigésimo quarto álbum de estúdio e o trigésimo sexto no geral, Chicago XXXVI: Now, foi lançado em 4 de julho de 2014. A banda foi incluída no Rock and Roll Hall of Fame na 31ª cerimônia anual de indução, em 8 de abril de 2016. Depois de tirar uma licença temporária, foi anunciado em 25 de outubro de 2016 que Jason Scheff havia deixado o Chicago após 31 anos. O baixista Jeff Coffey, que estava substituindo Scheff durante sua ausência, foi promovido a um membro em tempo integral.

 

O saxofonista Ray Herrmann também se tornou um membro oficial, depois que o Walter Parazaider se aposentou. Em 17 de setembro de 2017, o ex-percussionista Laudir de Oliveira morreu de ataque cardíaco enquanto se apresentava no palco no Rio de Janeiro. Em 17 de janeiro de 2018, o baterista Tris Imboden anunciou que deixaria a banda depois de 27 anos para passar mais tempo com sua família. Em 19 de janeiro de 2018, o baixista e vocalista Jeff Coffey anunciou que também estava saindo da banda, e foi sucedido por Neil Donell. O Chicago anunciou que o percussionista Walfredo Reyes Jr. estava passando para a bateria. Brett Simons também se juntou à banda como seu novo baixista. O retorno de Daniel de los Reyes à posição de percussão foi anunciado, e em maio de 2018, foi revelado a sua saída do Chicago. A banda anunciou que Ray Ramon Yslas se juntou à banda na percussãoO seu vigésimo quinto álbum de estúdio, Chicago XXXVII: Chicago Christmas, a quarta coleção de canções de Natal e o trigésimo sétimo álbum geral da banda, foi lançado em 11 de outubro de 2019. Em setembro de 2010, a banda se apresentou pela primeira vez no Brasil, tocando ao lado da banda de folk-rock America. O Chicago recebeu um Grammy Lifetime Achievement Award em 16 de outubro de 2020.