Rita Lee

 

Rita Lee Jones nasceu em São Paulo no dia 31 de dezembro de 1947. É uma cantora, compositora, multi-instrumentista, atriz, escritora e ativista brasileira. Rita Lee estudou no Liceu Pasteur. Também chegou a cursar Comunicação Social na Universidade de São Paulo em 1967. Na adolescência passa a se interessar por música e começa a se apresentar em escolas da região no Tulio's trio. Em 1963, forma um conjunto com mais duas garotas, as Teenage Singers, que participam de shows e de festas colegiais. No ano seguinte elas conhecem um trio masculino, Wooden Faces. Os dois grupos se juntam, formando o Six Sided Rockers, banda que depois se chamará O'Seis, que chega a gravar um disco compacto com duas músicas. Com a saída de três componentes, sobram Rita, Arnaldo Baptista e Sérgio Dias que passam a se chamar Os Bruxos. Por sugestão de Ronnie Von, o grupo passou a se chamar Os Mutantes. Em 1967, a banda acompanhou Gilberto Gil no III Festival de Música Popular Brasileira da TV Record na apresentação da canção "Domingo no parque". Foram gravados seis álbuns sendo o primeiro, de 1968. O seu primeiro disco solo, Build Up, foi lançado em 1970, com a participação dos Mutantes. Rita foi expulsa dos Mutantes pelo próprio Arnaldo, e formou com a sua amiga Lúcia Turnbull a dupla, As Cilibrinas do Éden. Elas desistem da dupla e formam a banda Tutti Frutti com Luis Sérgio Carlini e Lee Marcucci, entre outros. Um contrato com a gravadora Philips é assinado, como Rita Lee & Tutti-Frutti.

 

O segundo disco da banda, Fruto Proibido, foi lançado em 1975 pela Som Livre. O último single do disco, "Ovelha Negra", torna-se um sucesso inesperado quando alcança a primeira posição da parada nacional no mesmo ano. Segundo a revista Rolling Stone, a música foi a primeira a citar o evento dos filhos saírem da casa dos pais. Em 1976, ela conhece o músico carioca Roberto de Carvalho e inicia uma parceria musical e amorosa. Em agosto do mesmo ano, durante sua primeira gravidez, Rita foi presa por porte e uso de maconha, e foi condenada, ficando um ano em prisão domiciliar, precisando de permissões especiais do juiz para sair de casa e fazer shows. Abalada e sem dinheiro, compôs com Paulo Coelho a canção, “Arrombou a Festa”, que bateu recordes de venda. Rita fica livre da prisão domiciliar e, mesmo grávida, sai em turnê com Gilberto Gil no show Refestança. Rita dá à luz seu primeiro filho, Beto Lee em 1977. Em 1978, a banda lança o disco Babilônia. Depois do lançamento, a banda se desfez. Carlini resolve deixar o grupo e leva consigo o nome Tutti Frutti, o qual havia sido registrado por ele. A partir de 1979, Rita e Roberto de Carvalho começam a fazer discos e shows juntos. O disco Rita Lee de 1980, mais conhecido pelo seu hit “Lança Perfume”, que fica 2 meses em no topo das paradas de sucesso da França, chega em sétimo lugar na Billboard e é lançado com grande êxito em vários países da Europa e América Latina. Em 1985, Rita Lee se apresenta na 1ª Edição do Rock in Rio. A Tour 87/88 foi a despedida de Rita de shows em grandes ginásios, que percorreu todo o pais finalizando com shows na Europa e Estados Unidos. Em 1991,

 

Rita inicia a sua turnê voz-e-violão Bossa 'n' Roll. Em seguida lança o álbum, Rita Lee em 1993. Em 1995, durante a turnê do álbum A Marca da Zorra, ela abriu o primeiro show dos Rolling Stones no Brasil. Pouco antes de Rita abrir esse show ela deu entrada no hospital por ter misturado calmantes e álcool. No final de 1996, Rita e Roberto se casam oficialmente depois de 20 anos de vida em comum. Em 1998, ela lança seu Acústico MTV que foi um grande sucesso de vendagens e crítica. Em 2000 Rita lança o álbum 3001. O disco foi nomeado como o Melhor Disco de Rock no Grammy Latino de 2001. No dia 22 de janeiro de 2012, Rita anuncia sua aposentadoria dos palcos em seu show de estreia no Circo Voador no Rio de Janeiro devido à sua fragilidade física. Oficialmente, sua última apresentação foi no dia 28 de Janeiro de 2012 no Festival de Verão de Sergipe, que terminou em polêmica, quando a cantora se revoltou com uma ação policial supostamente agressiva com seu público. Acusada de desacato à autoridade, Rita Lee foi encaminhada a delegacia após o show para prestar depoimento, e liberada em seguida. No dia 4 de novembro de 2012 Rita Lee fez o show que marcou sua volta aos palcos com a apresentação no Green Move Festival. Na apresentação a cantora surpreendeu o público ao abaixar a calça e virar para o público que assistia ao show. Rita Lee fez um show no dia 25 de Janeiro de 2013, no vale do Anhangabaú, show que faz parte da comemoração dos 459 anos da cidade de São Paulo. 

 Rockdigital