CPM 22

É uma banda brasileira de hardcore. Inicialmente chamada CPM, a banda foi formada em 1995, por Badauí no vocal, Wally na guitarra, Xixo no baixo e Arthur na bateria. No ano seguinte, lançaram sua primeira demo em formato K7. Em 1998, a banda criou uma caixa postal resultando no número 1022, e mudaram o nome da banda para Caixa Postal 1022, e intitularam a segunda demo com o novo nome. Em 1999, Japinha assume a bateria no lugar de Santiago, e participa da gravação do primeiro álbum independente em formato CD, A Alguns Quilômetros de Lugar Nenhum, lançado em 2000. Em 2001, o CPM 22 assinou um contrato com a Abril Music, gravando assim o seu segundo álbum, CPM 22. O álbum foi certificado com o Disco de Ouro, e a banda recebeu o prêmio MTV VMB 2002 na categoria banda revelação. O terceiro álbum, Chegou a Hora de Recomeçar, foi lançado no mesmo ano. O seu quarto álbum, Felicidade Instantânea, foi lançado em 2005. 

 

"Um Minuto para o Fim do Mundo" foi a música da banda mais tocada nas rádios do Brasil, e ganhou o VMB como a Escolha da Audiência. Em 2006, a banda lançou seu primeiro álbum ao vivo, MTV Ao Vivo, que é um registro da carreira da banda. No VMB 2006 eles venceram na categoria Melhor Performance Ao Vivo. A repercussão do álbum foi tanta, que em Julho de 2006, a banda realizou seu primeiro show Internacional, no Japão. Em 2007, saiu o seu sexto álbum, Cidade Cinza. O álbum ganhou o Grammy Latino 2008 na categoria Melhor álbum de Rock Brasileiro. O sucesso da banda é reconhecido internacionalmente, pois em 2009, realizaram uma turnê internacional. Nos EUA, o CPM 22 se tornou a primeira banda brasileira a tocar no Hard Rock Café, na Flórida.

 

Depois de romper com a antiga gravadora, começaram a trabalhar de forma independente, e lançaram o álbum, Depois de um Longo Inverno, em abril de 2011. CPM 22 - Acústico, é o primeiro álbum acústico da banda, gravado no Estúdio Way Of Light, em Cotia, São Paulo no dia 18 de junho de 2013.  No dia 24 de setembro de 2015, a banda participa da sexta edição do Rock in Rio, e o álbum, CPM 22 - Ao Vivo no Rock in Rio, comemora os 20 anos de carreira da banda, lançado em 2016. No ano seguinte, o CPM-22 lançou o seu sétimo álbum, Suor e Sacrifício. Atualmente a banda é composta por Badauí, Fernando Sanches, Phil Fargnoli, Luciano e Japinha. Uma conversa de 2012 com o baterista Japinha, que na época tinha 38 anos com uma adolescente de 16 anos, foi divulgada no dia 4 de junho de 2020 de forma anônima, em um perfil no Twitter. No dia de junho, o CPM 22 anunciou o afastamento do Japinha. No mesmo dia, o baixista Fernando Sanchez anunciou que estava deixando a banda. 

 Rockdigital