Golpe de Estado

É uma banda de hard rock brasileira. No final de 1985, em São Paulo, o baixista Nélson Brito e o baterista Paulo Zinner tocavam no Fickle-Pickle, onde posteriormente entrou e saiu rapidamente o vocalista Catalau. Este projeto não durou muito, e o trio somente se reuniu novamente quando encontraram o guitarrista Hélcio Aguirra, integrante da Harppia, e formaram o Golpe de Estado. Com o entrosamento entre seus músicos, Hélcio passa a se dedicar somente ao Golpe. Em menos de um ano já tocavam pelos teatros e bares da sua cidade. Em 1986, o primeiro álbum, Golpe de Estado, que também foi o primeiro registro da Baratos Afins. O formato era em vinil com um dos lados em rotação 33 rpm e o outro em 45. Com a confusão na hora de tocar o vinil, muitos ouvintes das rádios paulistanas acabaram ouvindo “Olhos de guerra” na rotação errada. O seu segundo álbum, Forçando a Barra, novamente pela Baratos Afins, foi lançado em 1988.

 

O terceiro álbum, Nem Polícia Nem Bandido, foi lançado em 1989 pela gravadora Eldorado, e com este álbum abriram os shows para o Jethro Tull e Nazareth. O próximo álbum, Quarto Golpe, foi lançado em 1991. Com este álbum, abrem shows para o Deep Purple. Em 1994 lançam, Zumbi, o primeiro álbum a ser lançado no formato CD. No próximo álbum, o primeiro ao vivo, Dez Anos ao Vivo, lançado em 1996 pela Paradoxx Music, o Golpe de Estado teve sua primeira mudança na formação, com a saída de Catalau. Quem assumiu o vocal foi Rogério Fernandes. Durante o ano de 1999, Catalau retorna à banda, e fazem diversas apresentações em grandes festivais. No ano seguinte, Kiko Muller assume o vocal no álbum, Pra Poder, lançado em 2004, com produção musical assinada pela própria banda. Em 2008, a música “Real Valor” foi utilizada em um projeto social.

 

A banda regravou a música e disponibilizou para baixar na web com o objetivo de arrecadar fundos para a CUFA (Central Única das Favelas). Em março de 2010 entram na banda Dino Linardi e Roby Pontes, respectivamente nos lugares de Kiko Muller e Paulo Zinner. O álbum, Direto do Fronte, foi lançado em 2012 pela gravadora Substancial Music. O álbum conta conta com a participação de Dinho Ouro Preto, Em 2014, Hélcio Aguirra, um dos integrantes fundadores da banda, morreu aos 54 anos. O guitarrista foi encontrado pela irmã, morto em seu apartamento enquanto dormia em São Paulo. A banda encerrou suas atividades em 10 de Junho de 2015, através de um comunicado feito pelo baixista Nélson Brito. O último show foi feito em 15 de Janeiro. Em janeiro do 2016 a banda retoma as atividades com uma nova formação, composta por João Luiz no vocal, Nelson Brito no baixo, Roby Pontes na bateria e Marcello Schevano na guitarra.

 Rockdigital