Língua de Trapo

É um grupo musical de rock cômico. Surgido em 1979, no interior da Faculdade de Comunicação Social Casper Libero em São Paulo. Sua formação inicial contava com Laert Sarrumor, Guca Domenico, Luiz Domingues, e Pituco. E chamavam-se de Laert e seus Cúmplices. Logo se juntou ao trio, Carlos Melo e Lizoel Costa, colegas de faculdade do trio. Em 1980, começou oficialmente o grupo Língua de Trapo, com o lançamento de seu primeiro EP, Sutil como um Cassetete, que era vendida nos corredores da faculdade e nos shows, principalmente no circuito universitário e em festivais de MPB. Nessa altura, outros músicos também estavam incorporados , como o percussionista Fernando Marconi e o tecladista Celso Mojola.

 

Em 1981, com Luiz Lucas no contrabaixo, João Lucas nos teclados e Sergio Gama e Silva na guitarra, e com Ademir Urbina na bateria, e gravam o seu primeiro álbum, Língua de Trapo, pelo Selo Lira Paulistana. O álbum foi lançado no ano seguinte. No período de 1983-1984, o baterista foi Nahame Casseb. Em 1984, foi lançado o seu segundo EP, Sem Indiretas.

O Língua de Trapo foi um dos nomes de destaque do movimento Vanguarda Paulista, que se formou a partir dos músicos que se apresentavam no Teatro Lira Paulistana, em Pinheiros. Em 1985, o grupo participou do Festival dos Festivais com a canção “Os Metaleiros Também Amam”, que chegou até a final da competição. Nesse mesmo ano, o grupo lança o seu segundo álbum, Como é Bom Ser Punk. Em 1986, é lançado o álbum, 17 Big Golden Hits Super Quentes Mais Vendidos No Momento. Em 1987 a banda encerra suas atividades, ficando inativa por 4 anos.

 

Em 1990, Laert Sarrumor, um dos fundadores do grupo, montou o show solo Perigozo, em que se apresentava como Laert Sarrumor e Língua. O show contava com novas composições de sua autoria, e algumas mais antigas que haviam ficado de fora dos álbuns gravados até então pelo Língua de trapo. Em 1991, após uma série de apresentações do show, e muitos pedidos dos fãs, a Banda Língua de trapo retorna aos palcos com uma nova formação. Em 1992, o grupo lança o álbum, Brincando com fogo. Em 1995, o grupo lança o seu primeiro álbum ao vivo, Língua ao vivo, e em 2000, é lançado o seu segundo álbum ao vivo, Vinte e um anos na estrada. O seu quinto álbum, O último CD da Terra, foi lançado em 2016. O álbum foi indicado em três categorias ao Grammy latino 2016

 Rockdigital