Os Mutantes

É uma banda brasileira de rock psicodélico. Em 1964, os irmãos Arnaldo Baptista e Cláudio César Dias Baptista, juntamente com Raphael Vilardi e Roberto Loyola, fundaram o grupo The Wooden Faces. Um ano depois, conheceram e convidaram Rita Lee, da Teenage Singers para integrar a banda. Ainda entraria no grupo Sérgio Baptista. A nova banda passou a se chamar Six Sided Rockers, e depois mudou o nome para O´Seis. Em 1966, eles gravaram o compacto simples "Suicida"/"Apocalipse" pela Continental. Ainda naquele ano, Cláudio César, Raphael e Roberto saíram da banda. Arnaldo, Rita e Sérgio mantiveram o grupo. Ronnie Von não havia gostado do nome da banda e sugeriu o nome Os Mutantes. Em 15 de outubro de 1966, eles estrearam no programa O Pequeno Mundo de Ronnie Von na TV Record. Em 1967, eles conheceram o maestro, Rogério Duprat, que ajudou a banda a participar do III Festival da Música Popular Brasileira da TV Record, como banda de apoio da canção, "Bom Dia", com Nana Caymmi e "Domingo no Parque", com Gilberto Gil, que ganhou o segundo lugar do Festival. Em 1968, o trio assinou um contrato com a Polydor, e lançou Os Mutantes, o primeiro álbum da banda. Também naquele ano, a banda participou, ao lado de vários artistas, de Tropicalia ou Panis et Circencis, álbum-manifesto do movimento tropicalista. Em setembro, participaram do III Festival Internacional da Canção da TV Globo, interpretando "Caminhante Noturno", que foi classificada em sétimo lugar. Os Mutantes acompanharam Caetano Veloso como sua banda de apoio na final paulista do FIC, realizada no Teatro da Universidade Católica de São Paulo.

 

A canção, "É Proibido Proibir" de Caetano foi recebida sob intensas vaias pela plateia que lotava o auditório. No final daquele ano, os Mutantes estiveram no IV Festival da Música Popular Brasileira, defendendo "Dom Quixote" e "2001", esta última uma parceria de Rita Lee com Tom Zé. No ano seguinte, os Mutantes excursionaram pela França. Em fevereiro, foi lançado Mutantes, o segundo álbum da banda, já com a participação do baterista Dinho Leme e do baixista Liminha. No final de 1969, o grupo defendeu a canção "Ando Meio Desligado" no IV Festival Internacional da Canção. Em março de 1970, foi lançado o álbum, A Divina Comédia ou Ando Meio Desligado. No final daquele ano, os Mutantes retornam à França para realizar algumas apresentações. Eles aproveitaram para gravar algumas canções principalmente em inglês para atrair o público internacional. Mas a Polydor desistiu do projeto mesmo com um álbum inteiro já gravado. Somente em 2000, o álbum Tecnicolor, foi lançado. Em 1971, foi lançado Jardim Elétrico, álbum no qual foram utilizados alguns instrumentos fabricados por Cláudio Baptista. Em 30 de dezembro de 1971, Rita Lee e Arnaldo se casaram. Na volta da lua-de-mel, o casal rasgou a certidão de casamento no programa de TV da apresentadora Hebe Camargo. Em maio de 1972, com dois meses de atraso, foi lançado o álbum, Mutantes e Seus Cometas no País dos Baurets. A banda tentou convencer a Polydor a lançar mais um álbum naquele ano, mas a gravadora estava interessada em lançar a carreira solo de Rita Lee, e determinou que apenas ela assinasse o seu primeiro álbum solo. Rita Lee acabou sendo expulsa do grupo por Arnaldo, devido ao fim do seu casamento.

 

Já sem Rita Lee, os Mutantes gravaram O A e o Z, lançado em 1973. O álbum que marcou a adesão do grupo ao rock progressivo. Todas as suas faixas foram compostas e executadas sob o efeito de ácido lisérgico (LSD), o que desagradou a Polydor, que não aprovou o trabalho. Além de não comercializar o álbum, a gravadora decidiu demitir a banda. Arnaldo deixou a banda, seguido pelo baterista Dinho. Em 1974, depois de uma briga com os demais integrantes, o baixista Liminha foi o próximo a abandonar o grupo. Sérgio Dias decidiu manter a banda com uma nova formação e conseguiu um contrato com a Som Livre em 1974, e lançou o álbum, Tudo Foi Feito pelo Sol. Em 1977, a gravadora lançou Mutantes Ao Vivo, gravado no MAM do Rio de Janeiro. Em 1978, Sérgio decidiu terminar com a banda. Em 2006, os Mutantes foram homenageados na mostra Tropicália - A Revolution in Brazilian Culture, no Barbican Hall, em Londres. A cantora Zélia Duncan cantou no lugar de Rita Lee. A primeira apresentação com a nova formação, se realizou no dia 22 de maio em Londres. Depois do concerto, os Mutantes seguiram para temporada nos Estados Unidos. Em 25 de janeiro de 2007, o grupo faz sua primeira apresentação no Brasil em quase trinta anos. O concerto fez parte dos festejos do 453º aniversário da cidade de São Paulo e levou cinquenta mil pessoas ao Museu do Ipiranga. Em seguida, o grupo realizou uma turnê pelo Brasil. Em setembro daquele ano, Zélia Duncan e Arnaldo Baptista anunciaram a saída da banda. Sérgio Dias e Dinho Leme mantiveram a banda, dessa vez com Bia Mendes nos vocais. Em 2013, a banda lança o álbum, Fool Metal Jack.

 Rockdigital