As Mercenárias

É uma banda de punk rock brasileiro. Em 1982, na cidade de São Paulo, as estudantes Sandra Coutinho no baixo, Rosália no vocal e Ana Machado na guitarra, formaram a banda As Mrcenárias, na onda do punk rock. Edgard Scandurra foi o primeiro baterista do grupo, mas por conta das diversas bandas que tocava, ele saiu e no seu lugar entrou a baterista Lou. Em 1986 foi lançado o primeiro álbum da banda, Cadê as Armas?, que foi o 25° lançamento da loja Baratos Afins. A partir do primeiro álbum, as Mercenárias começam a chamar a atenção das gravadoras e assinam um contrato com a EMI. Em 1988, foi gravado o segundo álbum da banda, Trashland. O disco foi um sucesso de público e de crítica, sendo eleito inclusive como o álbum do ano pela revista Bizz. No entanto, a gravadora não fez a divulgação necessária e, para piorar, dispensou a banda por meio de um telegrama, não dando muitas explicações para tal ato. Logo depois, a banda acabou.

 

Rosália, Ana e Lou abandonaram a carreira musical e Sandra resolveu morar em Berlim, trabalhando na cena alternativa local. Em 2005, Sandra Coutinho volta ao Brasil depois de anos morando na Alemanha e decide remontar o grupo junto com a vocalista Rosália, incluindo duas novas integrantes: Geórgia Branco e Pitchu Ferraz. No mesmo ano, é lançado no exterior o CD, O Começo do Fim do Mundo (Beginning of the End of the World: Brasilian Post-Punk 1982-85), uma coletânea com músicas dos dois álbuns da banda. Pouco tempo depois Rosália sai da banda, com Sandra assumindo os vocais. Em 2012, em comemoração aos 30 anos da banda, é feito um show no Centro Cultural da Juventude com a participação de Edgard Scandurra e outros. Em 2015, é lançado, internacionalmente, em vinil, a primeira demo tape da banda, pela Nada Nada Discos e Dama da Noite.

 

Em julho de 2016, o primeiro álbum, Cadê as Armas?, foi eleito pela revista Rolling Stone Brasil como o 5º melhor álbum de punk rock do Brasil. A primeira apresentação do grupo no Rio de Janeiro foi apenas no mês de julho de 2016. O show aconteceu no palco do Subúrbio Alternativo, casa de shows em Brás de Pina, na Zona Norte da cidade. No dia 14 de janeiro de 2017, as Mercenárias se apresentaram no Circo Voador também no Rio de Janeiro, abrindo  show para a banda Metá Metá. As Mercenárias se apresentrou  em São Thomé das Letras, no Festival Woodgothic 2017 no mês de junho em Minas Gerais, com Sandra Coutinho, Michelle Abu e Silvia Tape. A banda se apresentou na Virada Cultural em São Paulo em frente ao edifício Copan no dia 20 de maio de 2018 no Palco História do Rock.
 

 Rockdigital