Kid Abelha

Foi uma banda de Rock brasileira. Em 1981, Paula Toller conhece Leoni na faculdade. Ambos estudavam na PUC-Rio e começaram a namorar. Paula passou a visitar os ensaios da banda Chrisma, formada por Leoni no vocal e baixo, Carlos Beni na bateria e Pedro Farah na guitarra. Os garotos sempre convidavam Paula a ingressar na banda, porém, ela sempre recusava, alegando ser tímida. Suas visitas aos ensaios a motivaram a cantar. George Israel aceitou o convite de Leoni e se uniu à banda, pouco tempo depois como Kid Abelha e os Abóboras Selvagens. O nome foi escolhido durante uma transmissão ao vivo na Rádio Fluminense FM. O sucesso foi imediato, e a banda passou a fazer shows no Circo Voador. Pedro Farah saiu da banda. Com isso, Bruno Fortunato assume a guitarra da banda em definitivo. Beni foi o segundo integrante a sair, sendo substituído por bateristas contratados. Depois de entrar com duas musicas no álbum, Rock Voador, uma coletânea de bandas novas, lançado pela Warner, a banda é contratada pela gravadora e grava o seu primeiro compacto, “Pintura íntima”/ “Por Que Não Eu?”. O compacto deu a banda o seu primeiro disco de ouro. Em 1984, o segundo compacto, “Como Eu Quero”/ “Homem com uma Missão”. O seu primeiro álbum, Seu Espião, é lançado também em 1984. O álbum conseguiu o terceiro disco de ouro da carreira.

 

Em janeiro de 1985, a banda se apresenta no Rock in Rio. O seu segundo álbum, Educação Sentimental, é lançado no mesmo ano. O novo baterista Claudinho Infante é contratado. Leoni sai da banda devido a desentendimentos entre ele e Paula Toller. O álbum, Kid Abelha Ao Vivo, gravado no Parque Anhembi, ganhou mais um disco de ouro. Em 1987, A banda lança o álbum, Tomate, com a presença do baixista e produtor Nilo Romero. O álbum foi mixado em Londres. Em 1988, Claudinho saiu da banda. Mesmo assim, ainda participou do quarto álbum, Kid, lançado um ano depois. Devido à gravidez de Paula Toller, os shows foram reduzidos e a banda foi obrigada a parar por alguns meses. Em 1990, é lançado a coletânea, Greatest Hits 80's. O álbum rendeu o primeiro disco de platina da banda, e marcou a estréia de Kadu Menezes na bateria. O álbum também marcou a redução do nome da banda, que perdeu os Abóboras Selvagens, passando a se chamar Kid Abelha. Em 1996 a música de Hyldon "Na Rua, na Chuva, na Fazenda" lançou o álbum, Meu Mundo Gira em Torno de Você. Nesse álbum, estreia o trompetista Jefferson Victor. Foi o álbum de estúdio mais vendido da banda, com dois discos de platina. Em 1997, a banda lançou o CD, Kid Abelha, divulgado nos EUA, Espanha e países latinos.

O CD, Paula Toller, é o primeiro trabalho solo da cantora. Paula não fez turnê, divulgando apenas em alguns programas de TV. O décimo terceiro álbum da banda, Autolove, foi lançado em 1998, com mais um disco de ouro. O Kid Abelha participa da terceira edição do Rock in Rio que aconteceu em janeiro de 2001. Os 20 anos da banda foram comemorados em 2002 com o seu Acústico MTV. O álbum foi indicado ao Gramy Latino, em 2003. O décimo terceiro álbum, Pega Vida, foi lançado em meados de abril de 2005. A banda anunciou suas férias em 2007. Em julho de 2010, a banda anuncia a volta aos palcos, que teve a pré-estréia em Tóquio, Japão, no Festival Brazilian Day. Em 2011 a banda percorre o Brasil com sua nova Turnê Glitter de Principante, comemorando os 30 anos de carreira. Em 28 de abril de 2012 a banda gravou um especial para celebrar os 30 anos de carreira em 13 de novembro, data do primeiro show profissional da banda, em show no Rio de Janeiro transmitido ao vivo pelo canal de TV Multishow. Paula Toller e os companheiros do Kid Abelha retornaram ao Festival de Verão em Salvador, depois de oito anos. O Kid Abelha anunciou na noite de 22 de abril de 2016, o fim da banda após mais de três décadas de carreira. 

 Rockdigital