Cássia Eller

 

Cássia Rejane Eller nasceu no Rio de Janeiro no dia 10 de dezembro de 1962. Foi uma cantora, compositora e multi-instrumentista brasileira. Aos 6 anos mudou-se com a família para Belo Horizonte. Aos 10, foi para Santarém, no Pará. Aos 12 anos, voltou para o Rio. O interesse pela música começou aos 14 anos, quando ganhou um violão de presente. Tocava principalmente músicas dos Beatles. Aos 18, sua família se mudou para Brasília. Ali, cantou em coral, fez testes para musicais, trabalhou em duas óperas como corista, além de se apresentar como cantora de um grupo de forró. Também fez parte, durante um ano, do primeiro trio elétrico de Brasília, o Massa Real, e tocou surdo em um grupo de samba. Trabalhou em vários bares, cantando e tocando. Despontou no mundo artístico em 1981, ao participar de um espetáculo de Oswaldo Montenegro. Um ano mais tarde, aos 19 anos, querendo sua liberdade pessoal, foi para Belo Horizonte atrás de um lugar para morar e um emprego, onde conseguiu assim que chegou, e passou a trabalhar como servente de pedreiro. Lá, alugou um pequeno quarto, onde ficou vivendo. Na escola, não chegou a terminar o ensino médio, por causa dos shows que fazia, cada dia num turno diferente, não tinha horário para se dedicar ao estudos.

 

Em 1988, Cássia se mudou para São Paulo, e encontrou seu tio, Wanderson Clayton, que trabalhava como produtor da banda 14 Bis. Cássia cantou uma música dos Beatles em seu violão, o que o deixou impressionado. Wanderson a levou em um estúdio pertencente a um amigo, e gravou 10 canções em voz e violão. Nesse período, Cássia voltou para Brasília, sem esperanças de obter sucesso em sua empreitada. Após conseguir editar a fita, Wanderson foi para o Rio, onde ficava a sede da PolyGram, e mostrou ao produtor Mayrton Bahia que ofereceu um contrato de três álbuns com Cássia, que retornou ao Rio de Janeiro, iniciando a sua carreira musical. Uma banda para acompanhar a cantora foi montada e Cássia fez seu show de apresentação à imprensa na casa de shows Mistura Fina, em Ipanema. Nesse período, Cássia foi produzida pelo tio. Sua primeira participação musical foi em 1990, no álbum, Baobab de Wagner Tiso. O seu primeiro álbum, Cássia Eller, foi lançado em setembro de 1990. O álbum contou com as participações de Frejat e Peninha do Barão Vermelho. O segundo álbum, O Marginal, foi lançado em julho de 1992. O álbum é considerado o mais alternativo gravado pela cantora, tanto que foi o menos vendido de sua carreira.

 

Em 1993, o terceiro álbum, Cássia Eller, foi gravado no estúdio pessoal de Guto Graça Mello, sem que a PolyGram soubesse. Isso aconteceu porque a cantora, após o pouco sucesso comercial de seus dois primeiros trabalhos, estava decidida a pedir demissão. O álbum foi o primeiro gravado após o nascimento de Chicão, como fruto do relacionamento casual com um amigo, Tavinho Fialho. Chicão seria criado por Cassia e Maria Eugênia Vieira, que viviam juntas. Tavinho faleceu em um acidente de carro uma semana antes do nascimento da criança. O seu quarto álbum, Veneno AntiMonotonia, foi lançado em 1997. O álbum é uma homenagem a Cazuza, com regravações de algumas de suas canções. O seu quinto álbum, Com Você Meu Mundo Ficaria Completo, foi lançado em 1999. Produzido por Nando Reis, o álbum foi considerado a obra-prima da carreira musical de Cássia Eller. No dia 13 de janeiro de 2001, Cássia se apresentou no Rock in Rio III. Entre maio e dezembro, Cássia fez 95 shows. O que levou a cantora a gravar um DVD, o Acústico MTV, gravado em São Paulo. O álbum se tornou o maior sucesso da sua carreira. Cássia Eller faleceu em 29 de dezembro de 2001, com apenas 39 anos, na Clínica Santa Maria no bairro de Laranjeiras, na zona sul do Rio de Janeiro após sofrer três paradas cárdicas, em razão de um infarto do miocárdio repentino. O seu sexto álbum, Dez de Dezembro, foi lançado em 2002, de forma póstuma, produzido por Nando Reis.

 Rockdigital