Dr. Feelgood

 

É uma banda britânica de pub rock. A banda foi formada em Canvey Island em 1971 por Wilko Johnson, Lee Brilleaux e John B. Sparks, que tinham sido membros de bandas de Rhythm and blues, e logo adicionaram o baterista John Martin. Eles tiraram o nome da música "Dr. Feel-Good", de 1962 do pianista e cantor americano de blues, Willie Perryman, que ele gravou sob o nome de Dr. Feelgood & The Interns. Também é um termo de gíria para a heroína ou para um médico que está disposto a prescrever drogas. No final de 1973, o R & B da banda os tornou uma das mais populares no circuito de rock de Londres. O primeiro single "Roxette" foi lançado no final de 1974. O seu primeiro álbum, Down by the Jetty, foi lançado em janeiro de 1974 pela United Artists. Como muitas bandas de pub rock, O Dr. Feelgood era conhecido principalmente por suas performances ao vivo. O seu segundo álbum, Malpractice, foi lançado em outubro de 1975. O seu terceiro álbum, Stupidity, foi lançado em setembro de 1976, e alcançou o topo na UK Albums Chart. O seu quarto álbum, Sneakin 'Suspicion foi lançado em maio de 1977.

 

 Wilko Johnson deixou a banda devido a conflitos com Lee Brilleaux. Em 1977, Henry McCullough se juntou temporariamente ao Dr. Feelgood, após a partida de Johnson, até ser substituído por John 'Gypie' Mayo. O seu quinto álbum, Be Seeing You, foi lançado em outubro de 1977. O seu sexto álbum, Private Practice, foi lançado em outubro de 1978. O single "Milk and Alcohol" foi o seu único hit Top 10 de sua carreira. Johnson nunca conseguiu um grande sucesso fora da banda, e os fãs sempre especularam sobre o seu retorno que nunca ocorreu. Apesar da partida de Mayo em 1981, e várias mudanças na sua formação que deixaram Brilleaux o único membro restante da primeira formação, o Dr. Feelgood continuou a turnê e gravou até a década de 1980. O baterista Buzz Barwell foi baterista, junto com o baixista Pat Mcmullen, de dezembro de 1982 a março de 1983, período de inatividade da banda. O tecladista Ian Gibbons se apresentou nos dois últimos shows de Brilleaux em janeiro de 1994, assim como em vários álbuns de estúdio da banda. Lee Brilleaux morreu de câncer em 7 de abril de 1994. Como Brilleaux insistiu antes de sua morte, o Dr. Feelgood se reuniu em maio de 1995, inicialmente com o vocalista Pete Gage e recomeçou a turnê em 1996.

 

Os músicos que apoiaram Gage tinham tocado anteriormente como membros da banda há pelo menos cinco anos e, em alguns casos, há mais de uma década. Em 1999, Gage foi substituído por Robert Kane que celebrou o seu milésimo show como líder do Dr. Feelgood em abril de 2007. Buzz Barwell morreu no dia 31 de janeiro de 2004. Todos os anos, desde a morte de Brilleaux, o concerto Lee Brilleaux Birthday Memorial, é realizado na Ilha Canvey, onde os feelgoods anteriores e atuais celebram a música do Dr. Feelgood e arrecadam dinheiro para a The Fair Havens Hospice em Westcliff-on-Sea. No Reino Unido, o Dr. Feelgood continua a tocar em todo o mundo. Um filme de Julien Temple sobre os primeiros dias da banda, Oil City Confidential, estreou no London Film Festival em 22 de outubro de 2009. No dia 23 de outubro de 2013, foi anunciado que Gypie Mayo havia morrido aos 62 anos. Em 14 de junho de 2016, a esposa Josie confirmou que Henry McCullough havia morrido em sua casa em Ballywindelland, Ballymoney, Irlanda do Norte, mais cedo naquela manhã, após uma longa doença. Ele nunca se recuperou completamente do ataque cardíaco que sofreu em 2012. Ian Gibbons morreu no dia 1 de agosto de 2019 em casa, aos 67 anos de idade, de câncer na bexiga. 

 Rockdigital