Leonard Cohen

Leonard Norman Cohen nasceu em Westmount, na província do Quebec no dia 21 de setembro de 1934. Leonard nasceu no seio de uma família judaica de origem polaca. Aos dezessete anos, ingressa na Universidade McGill e forma um trio de música country. Paralelamente, passa a escrever seus primeiros poemas, inspirado por autores como García Lorca. Em 1956, lança seu primeiro livro de poesia, Let Us Compare Mythologies, seguido em 1961 por The Spice Box of Earth, que lhe conferiria fama internacional. Após o sucesso do livro, Cohen decide viajar pela Europa, e reside na ilha de Hidra, na Grécia, onde passa a viver junto com Marianne Jensen e seu filho, Axel. Em 1963 lança The Favorite Game, seu primeiro romance, seguida pelo livro de poemas Flowers for Hitler, em 1964, e pelo seu segundo romance Beautiful Losers, em 1966. Em 2011 foi o vencedor do Prémio Príncipe das Astúrias das LetrasCohen decide se tornar compositor. Para isso, muda-se para os Estados Unidos, onde conhece a cantora Judy Collins, que grava as canções "Suzanne" e "Dress Rehearsal Rag" em seu álbum, In My Life, de 1966. O seu álbum de estreia, Songs of Leonard Cohen, foi lançado em 1967. O álbum alcançou a 83ª posição na Billboard, e a 13ª posição no Reino Unido passando quase um ano e meio na UK Albums Chart. No ano seguinte, Cohen participa do Newport Folk Festival. O seu segundo álbum, Songs from a Room, foi lançado em 1969.

 

O álbum alcançou a posição 63 na Billboard dos EUA e a posição 2 nas paradas britânicas. O seu terceiro álbum, Songs of Love and Hate, foi lançado em 1971, e é considerado um álbum mais sombrio que os anteriores. No mesmo ano, o filme McCabe & Mrs. Miller, utiliza três canções suas, "Sisters of Mercy", "Winter Lady" e "The Stranger Song", todas do seu primeiro álbum. O livro de poemas, The Energy of Slaves, é lançado em 1972. Logo em seguida Cohen decide se afastar do mundo da música. Seu retorno se daria em 1977 com o seu quinto álbum de estúdio, Death of a Ladies' Man, produzido por Phil Spector. Em 1978, Cohen lançou o livro Death of a Lady's Man. Recent Songs é o sexto álbum de estúdio, lançado em 1979. Após a turnê, houve mais um período de reclusão, no qual dedicou-se à escrita e ao estudo do budismo. O seu sétimo álbum, Various Positions, foi lançado em dezembro de 1984 no Canadá e fevereiro de 1985 nos EUA. A canção "Hallelujah" foi lançado nesse álbum, e alcança a posição 59 na  Billboard Hot 100. Cohen lança o livro de poemas Book of Mercy. Em 1988, retorna com o álbum, I'm Your Man, aclamado por crítica e público. O álbum ficou no topo das paradas na Noruega por 16 semanas. Muitos jovens músicos ligados ao folk e ao indie-rock da época diziam-se influenciados pelo trabalho do cantor. O álbum tributo a Cohen, I'm Your Fan, foi lançado em 1991.

 

Em 1994, consolidando a sua aproximação com o budismo, ele passa a viver no mosteiro de Mount Baldy Zen Center, próximo de Los Angeles. Em 1996, seria ordenado monge zen, e ganharia o nome Dharma de Jikan que significa silencioso. Um segundo álbum tributo a Cohen, Tower of Songs, foi lançado em 1995. No mesmo ano é lançado o livro Dance Me to the End of Love. Sua experiência no mosteiro foi até o ano de 1999, quando voltaria a morar em Los Angeles. Em 2001, lança o seu décimo álbum, Ten New Songs, seu primeiro disco de inéditas em sete anos, feito em parceria com Sharon Robinson. Em 2004, lançou o álbum, Dear Heather. Em 18 de setembro de 2009, durante um concerto na Espanha, Cohen desmaiou e cancelou a apresentação. O seu décimo segundo álbum, Old Ideas, foi lançado em janeiro de 2012. É o lançamento mais bem recebido nos Estados Unidos, alcançando o número 3 na Billboard 200. Popular Problems é o décimo terceiro álbum, lançado em setembro de 2014. You Want It Darker é o décimo quarto álbum de estúdio de  Leonard Cohen, lançado em 21 de outubro de 2016 pela Columbia Records, dezenove dias antes da sua morte. O álbum foi criado no final de sua vida e se concentra na morte, Deus e humor. Cohen morreu em 7 de novembro de 2016, aos 82 anos, em sua casa em Los Angeles. A faixa-título do álbum, You Want It Darker recebeu o Grammy de Melhor Performance de Rock em janeiro de 2018. O seu álbum póstumo, Thanks for the Dance, foi lançado em novembro de 2019.

 Rockdigital