Slipknot

É uma banda americana de nu metal. Em setembro de 1995 a banda The Pale Ones foi criada, com Paulo Texx Crahan na bateria, Paul Gray no baixo, Anders Colsefini nos vocais e Donnie Steele na guitarra. Joey Jordison entrou na banda como baterista, transferindo Crahan para a percussão. Acrescentaram o segundo guitarrista Josh Brainard e Anders Colsefini mudando para a percussão junto com os vocais. A banda fez a sua primeira performance ao vivo sob o nome de Meld, em 1995. Logo depois, Jordison sugeriu mudar o nome para Slipknot. Em Fevereiro de 1996, o guitarrista Donnie Steele deixou a banda devido a sua crença cristã, sendo substituído por Craig Jones. Em 4 de abril, o Slipknot fez sua primeira apresentação, no Des Moines Reggae Clube The Safari, onde fez a maior parte dos seus primeiros shows. Mick Thomson foi adicionado na guitarra. O seu primeiro álbum demo, Mate. Feed. Kill. Repeat, foi lançado no Dia das Bruxas, em 31 de outubro de 1996. O vocalista Corey Taylor foi contratado e Colsefini num show no The Safari surpreendeu a todos anunciando no palco que ele estava saindo da banda. A percussão foi preenchida por Greg Welts, conhecido como Cuddles. No final de 1997, a banda começou a usar macacões como uniforme e atribuíram números individuais para cada integrante. No início de 1998 a banda criou uma pequena demo, a Slipknot Demo que foi enviado para muitas gravadoras.

 

Logo após, o DJ Sid Wilson foi contratado. Em 6 de julho de 1998, o percussionista Greg Welts foi convidado a deixar a banda. Chris Fehn entrou logo em seguida, e em 8 de julho eles assinaram um contrato com a Roadrunner Records. No início de 1999, por motivos pessoais o guitarrista Brainard decidiu deixar a banda, sendo substituído por James Root. A banda participou do Ozzfest que começou em março. O seu primeiro álbum de estúdio, Slipknot, foi lançado em 29 de junho de 1999. O Slipknot deu um tempo no final de 2002, mas a banda estava com problemas. Em meados de 2003, Shawn Crahan voltou a reunir o Slipknot. O seu terceiro álbum, Vol. 3: The Subliminal Verses, foi lançado em 25 de maio de 2004, ficando em segundo lugar na Billboard 200. Em 2006, a banda ganhou o prêmio Grammy como Melhor Performance de Metal com a canção "Before I Forget". O seu quarto álbum, All Hope Is Gone, foi lançado em 20 de agosto de 2008. É o primeiro álbum do Slipknot a ficar no topo na Billboard 200. A banda estava agendada para tocar no Reading Leeds Festival em Agosto de 2008, mas foram obrigados a cancelar após o baterista Joey Jordison quebrar seu tornozelo. Em 2010, a polícia da cidade de Urbandale, no Iowa, afirmou que Paul Gray, baixista da banda Slipknot, foi encontrado morto em um quarto de hotel. O Slipknot voltou aos palcos em 2011 para uma pequena temporada de shows na Europa.

 

Eles se apresentaram no Festival Sonisphere e no Rock in Rio no Brasil e se apresentaram no Graspop Metal Meeting na Bélgica. Taylor declarou que os shows serviram como uma homenagem á Paul. Donnie Steele substituiu Gray nos shows se posicionando atrás de Jordison e obscurecido da vista da platéia. O primeiro festival anual de música do Slipknot, chamado Knotfest, foi realizado em 17 de agosto de 2012, no Mid-America Motorplex, perto de Pacific Junction, Iowa. Em 14 de junho de 2013, o Slipknot encabeçou o Download Festival pela segunda vez. Em dezembro de 2013 foi comunicado a saída do baterista Joey Jordison, publicado no site oficial da banda. A banda se apresentou no Brasil no dia 25 e 27 de setembro de 2015 no Rock In Rio, como atração principal. Jordison revelou em junho de 2016 que sofria de mielite transversa, uma doença neurológica que lhe custou a capacidade de tocar bateria. O seu quinto álbum de estúdio, 5: The Gray Chapter, foi lançado na Austrália, Bélgica e Holanda em 17 de outubro de 2014, Reino Unido em 20 de outubro de 2014 e na América do Norte em 21 de outubro de 2014. Em 18 de março de 2019, a banda anunciou oficialmente, através de seu site, que Chris Fehn não era mais um membro da banda. O seu sexto álbum, We Are Not Your Kind, foi lançado em 9 de agosto de 2019 pela Roadrunner Records, estreando no topo na Billboard 200 e na UK Albums Chart

 Rockdigital