aphrodite's.jpg
Aphrodite's Child

 

Foi uma banda grega de rock progressivo. Vangelis Papathanassiou e Demis Roussos já tinham tido sucesso na Grécia, tocando nas bandas The Forminx e Idols, quando se juntaram a Loukas Sideras e Silver Koulouris para formar uma nova banda. O nome da banda foi derivado do título de uma faixa de Dick Campbell do seu álbum, Sings Where It At. Sua primeira gravação como banda foi para o álbum, In Concert and in Studio, de George Romanos, onde tocaram em quatro músicas e foram creditados como Vangelis and his Orchestra. Koulouris teve que ficar na Grécia para cumprir seu serviço militar, enquanto a banda, a caminho de Londres, ficou presa em Paris porque não tinham as permissões de trabalho corretas e também por causa das greves associadas aos eventos de maio de 1968. Em Paris, a banda assinou com a Mercury Records e foram batizados Aphrodite's Child, pelo produtor lou reizner da Mercury, lançando o single "Rain and Tears". Com essa música, a banda se tornou uma sensação da noite para o dia na França e em vários outros países europeus em que o single teve um bom desempenho e alcançou o Top 30 na UK Singles Chart.

 

O seu primeiro álbum, End of the World, foi lançado em fevereiro de 1968. A banda começou a turnê pela Europa. Para o segundo álbum, a banda viajou para Londres para gravar nos Trident Studios. O primeiro single do álbum, "Let Me Love, Let Me Live", foi lançado em novembro. O seu segundo álbum, It's Five O'Clock, foi lançado em janeiro de 1970. Após o segundo álbum, a banda começou a turnê novamente, desta vez sem Vangelis, que preferia ficar em Paris e gravar a música do filme Sex Power de Henry Chapier. Vangelis foi substituído no palco por Harris Halkitis. O ano de 1970 passou com a banda promovendo seu último álbum e Vangelis trabalhando em seu primeiro projeto de filme. A banda lançou o single "Spring, Summer, Winter and Fall" em agosto de 1970. A banda começou a trabalhar no seu terceiro álbum no estúdio Europa Sonor, em Paris, no final de 1970. Koulouris, tendo terminado seu serviço no exército grego, voltou à banda. No entanto, as relações entre os membros da banda estavam em declínio. Após a conclusão do terceiro álbum, a Mercury Records se recusou a lançá-lo, objetando seu material não comercial.

 

Em 1971, a banda organizou uma festa de aniversário de um ano no Europa Sonor, para protestar contra o lançamento do álbum. Durante esse período, a banda se separou. Vangelis, Sideras e Roussos lançaram os seus álbuns solo de estréia. A Mercury concordou em lançar o álbum em sua subsidiária de rock progressivo, a Vertigo Records. O seu terceiro álbum, 666, foi lançado em junho de 1972, como um álbum duplo, O álbum não teve sucesso comercial e falhou nas paradas e o single "Babylon"/"Break" entrou apenas nas paradas holandesas na vigésima quarta posição. Roussos teve uma próspera carreira solo como cantor pop, e Vangelis se tornou um artista de música eletrônica altamente considerado. O trabalho de Vangelis, compondo trilhas sonoras de filmes, trouxe-lhe muito sucesso pelas próximas três décadas, incluindo um Oscar de Chariots of Fire. Koulouris trabalhou com Roussos e Vangelis na ocasião, enquanto Sideras seguiu uma carreira solo menos bem-sucedida. Demis Roussos morreu na manhã de 25 de janeiro de 2015, de câncer de estômago, câncer de pâncreas e fígado.