Faith No More

É uma banda americana de Metal alternativo. A banda surgiu das cinzas do Faith No Man, banda formada e liderada por Mike The Man Morris. Roddy Bottum, Mike Bordin e Bill Gould, então integrantes do grupo, decidiram livrar-se de Morris e ao invés de demiti-lo, preferiram formar uma nova banda. Por sugestão de um amigo, o nome escolhido foi Faith No More, já que The Man Morris não mais (no more) faria parte do grupo. No lugar de Morris, foi recrutado Jim Martin na guitarra. Diversos músicos ocuparam a vaga de vocalista nesta fase, dentre eles Courtney Love até os membros optarem por Chuck Mosley. O seu álbum de estreia, We Care a Lot, foi lançado em 1985. O seu segundo álbum, Introduce Yourself, foi lançado originalmente em abril de 1987, em disco de vinil e cassete. Mosley foi demitido em 1988 por ser alcoólatra e por ter causado problemas em alguns shows da banda. Com a necessidade de um novo vocalista, a banda contou com a ajuda de Cliff Burton, baixista do Metallica para selecionar alguém ao posto, e Mike Patton do Mr. Bungle foi o primeiro nome em mente, ele que em pouco tempo se tornaria o líder e a figura mais emblemática do grupo. 

 

Mike Patton entrou no Faith No More direto para o estúdio onde a banda gravou o álbum, The Real Thing, lançado em 1989. Esse álbum contribuiu para transformar o Faith No More num grande sucesso comercial. A canção responsável pela transição foi "Epic", que com seu arranjo grandioso que faz jus ao título da canção, vocal hip-hop e refrão grudento, arrematou o nono lugar na parada de singles da Billboard e teve o vídeo musical exibido a exaustão na MTV americana. É o álbum de maior sucesso do Faith No More, conseguindo Disco de Platina nos EUA, levando a banda a uma grande turnê mundial que durou 3 anos. A banda tocou na segunda edição do Rock In Rio. Em meio a grandes expectativas, o álbum, Angel Dust, foi lançado em 1992 e apontava para outras direções. Descartava definitivamente o rótulo funk metal e vinha recheado de temas mais mórbidos e sombrios. Em 2003 foi listado pela revista Kerrang! como o álbum mais influente de todos os tempos. Com a saída de Jim Martin logo após a turnê, o Faith No More nunca mais seria o mesmo.

 

O álbum, King For A Day, Fool For A Lifetime, foi lançado em 13 de março de 1995, e alcançou a posição 31 na Billboard 200. Os rumores sobre um possível fim da banda tomavam proporções maiores e foi através de um e-mail que Billy Gould, ao final da turnê europeia do Album of the Year que foi lançado em 1997, anunciou o tão falado final de atividades da banda. Em 24 de fevereiro de 2009, após meses de especulações e rumores, o Faith No More anunciou que estaria reformando com uma formação idêntica à do período do Album of the Year, embarcando na turnê de reunião The Second Coming Tour. O seu sétimo álbum de estúdio, Sol Invictus, foi lançado em 19 de maio de 2015. É o primeiro álbum após a volta da banda depois de um hiato de onze anos. Em agosto de 2016, a banda realizou dois concertos com o ex-vocalista Chuck Mosley para comemorar a reedição de seu primeiro álbum, We Care a Lot. A banda foi anunciada como Chuck Mosley & Friends para os dois shows. O ex-vocalista da banda, Chuck Mosley, morreu em 9 de novembro de 2017, devido ao uso de drogas. Ele tinha 57 anos.

 Rockdigital