Frankie Lymon & the Teenagers

 

É um grupo americano de doo wop. O grupo é mais conhecido por ser um dos primeiros sucessos do rock, apresentado ao público pelo DJ Alan Freed. O grupo, que fez as suas gravações mais populares com o jovem Frankie Lymon como vocalista, também é conhecido por ser o primeiro grupo adolescente de rock. O The Teenagers tiveram suas origens nos Earth Angels, um grupo fundado na Edward W. Stitt Junior High School em Washington Heights seção de Manhattan pelo segundo tenor Jimmy Merchant e por Sherman Garnes. Eles tinham adicionado o vocalista Herman Santiago e o barítono Joe Negroni na sua programação e evoluiu para o Coupe De Villes. Em 1954, Frankie Lymon com 12 anos de idade, se juntou ao Coupe De Villes, que mudou seu nome para Ermines e depois The Premiers. No mesmo ano Lymon se juntou ao grupo, e ajudou Santiago e Merchant a reescrever a canção que eles tinham composto, "Why Do Fools Fall in Love". A canção teve uma audição na Gee Records, mas Santiago estava doente demais para cantar no dia do teste. Lymon cantou a canção, e o The Teenagers assinou contrato com a Gee Records, com Lymon como vocalista. A canção foi o primeiro e maior sucesso do Teenagers.

 

O grupo, conhecido pela sua harmonia e coreografia, também teve sucesso com a canção "I'm Not a Juvenile Delinquent" e "The ABC's of Love". Em 1957, o grupo estava sendo anunciado como Frankie Lymon & the The Teenagers. Isso causou uma briga interna, e em setembro Goldner tirou Lymon do grupo para gravar solo. O Teenagers continuou gravando, com uma nova liderança. Billy Lobrano, como o primeiro membro branco do grupo, tornou-os mais racialmente misto, agora com dois negros, dois latino-americano, e um branco. O grupo teve pouco sucesso com Lobrano, e ele saiu em meados de 1958. Merchant, Santiago, Garnes e Negroni continuaram como um quarteto, mas não foram capazes de encontrar o sucesso em novas gravações. Eles tentaram uma formação de quinteto novamente em 1960, primeiro com o novo líder Howard Kenny Bobo, depois com outra liderança, Johnny Houston, mas sem sucesso. Eles continuaram principalmente como um grupo do circuito antigo a partir deste ponto. Sherman Garnes morreu de um ataque cardíaco em 1977, enquanto Joe Negroni morreu um ano depois devido a uma hemorragia cerebral. Suas substituições foram Bobby Jay e o irmão de Frankie, Lewis Lymon.

 

Na década de 1980, o Teenagers recorreu ao uso de uma cantora para imitar a voz de Lymon e Pearl McKinnon se juntou a Jimmy Merchant, Herman SantiagoEric Ward. Em 1983, Ward tinha sido substituído por Derek Ventura, e em 1984, Phil Garrito assumiu o lugar de Ventura. Roz Morehead substituiu McKinnon, e Marilyn Byers ficou no lugar de Morehead. Mais tarde, na década de 1980 o grupo contratou um novo líder, Jimmy Castor que permaneceu na liderança até a década de 1990, quando ele foi substituído por Timothy Wilson, ex-líder do Tiny Tim and the Hits. Esta formação apareceu na PBS especial - Doo Wop 51, em 2000. Lewis Lymon saiu para se juntar a Beary Hobbs' Drifters por volta de 2003. Ele foi substituído por Dickie Harmon. Jimmy Merchant se aposentou pouco depois, e o grupo continuou como um quarteto. Esta formação apareceu na PBS especial, My Music: Doo Wop Love Songs, em 2007. Em 2008 Bobby Jay e Dickie Harmon, ambos deixaram o grupo. Mais tarde o membro original Merchant saiu da aposentadoria, e voltou para o grupo, substituindo Bobby Jay. Eles são muitas vezes creditados como Frankie Lymon's Legendary Teenagers. A partir de 2015, Jimmy Merchant havia retornado mas foi substituído por Bobby Jay.

 Rockdigital