Ministry

É uma banda americana de metal industrial. Al Jourgensen começou o Ministry em Chicago, Illinois, em 1981. A formação inicial do Ministry consistiu de Jourgensen nos vocais, Stephen George na bateria, Robert Roberts e John Davis nos teclados. O seu primeiro álbum, With Sympathy, foi lançado em 1983 e alcançou a posição 90 na Billboard 200. A banda tocou na abertura dos shows do The Police durante a turnê norte-americana de Synchronicity Tour. A banda assinou com a Sire Records. O seu segundo álbum, Twitch, foi lançado em 1986. Depois desse álbum, Jourgensen contratou o guitarrista Paul Barker. Com a contratação do baterista William Rieflin, o Ministry lançou o seu terceiro álbum, The Land of Rape and Honey, em 1988. O seu quarto álbum, The Mind is a Terrible Thing to Taste, foi lançado em 1989. Devido à natureza complexa do álbum, um segundo baterista, Martin Atkins foi usado. Além de Atkins, a banda tinha mais dez músicos. O seu quinto álbum, Psalm 69: The Way to Succeed and the Way to Suck Eggs, foi lançado em  1992, e alcançou a posição 27 na Billboard 200. Em 1995, o Ministry foi uma das bandas principais do Big Day Out Festival na Austrália e Nova Zelândia. Apesar do seu crescente sucesso, a banda quase termina devido uma série de detenções e problemas de drogas.

 

O seu sexto álbum, Filth Pig, lançado em 30 de janeiro de 1996. Foi o álbum de maior sucesso da banda nos EUA, alcançando a posição 19 na Billboard 200. O seu último álbum com a Warner Bros. Records, foi Dark Side of the Spoon, lançado em 1999, que dedicaram a William Tucker, que cometeu suicídio no início desse ano. O single "Bad Blood" apareceu na trilha sonora do filme, The Matrix. A canção "What About Us?" fez parte da trilha sonora do filme AI: Inteligência Artificial de Steven Spielberg. Por volta de 2001, Jourgensen quase perdeu o braço quando foi mordido por uma aranha venenosa. Ele teve um dedo do pé amputado depois de pisar acidentalmente numa agulha hipodérmica descartada. Nesse período, ele tentou suicídio e decidiu chamar a amiga Angelina Luckacin que o ajudou a abandonar seu enorme hábito de consumo de drogas e de vários produtos farmacêuticos e até de duas garrafas de whisky por dia. A banda lança o álbum, Animositisomina, é o seu oitavo álbum de estúdio, lançado em 17 de fevereiro de 2003 pela Sanctuary Records. O álbum vendeu mal e os singles para "Animosity" e "Piss" foram cancelados antes que pudessem ser lançados. Paul Barker deixou o Ministry nesse mesmo ano. O seu nono álbum, Houses of the Molé, foi lançado em 21 de junho de 2004, continha as letras mais explicitamente políticas. Foi também o primeiro álbum a apresentar o retorno de Mike Scaccia que saiu da banda em 1996. 

 

Em 2006, a banda lançou o o álbum, Rio Grande Blood, pela 13th Planet Records, gravadora de Jourgensen. O seu décimo primeiro álbum, The Last Sucker, foi lançado em 18 de setembro de 2007. Paul Raven morreu em 20 de outubro de 2007. Ele sofreu um aparente ataque cardíaco pouco depois de chegar na Europa para começar a gravar a faixa francesa “Treponem Pal”, perto da fronteira suíça. A turnê de despedida do Ministry, a CU-LaTour, começou em 26 de março de 2008. A data final em sua turnê de despedida foi em Dublin, na Irlanda, em 18 de julho de 2008. Durante a apresentação, Jourgensen reafirmou repetidamente que seria o último Show da banda. O Ministério terminou seu hiato em 7 de agosto de 2011, quando foi anunciado que eles tocariam no Festival Wacken Open Air da Alemanha em agosto de 2012. Em 23 de março, o seu décimo segundo álbum, Relapse foi lançado. Em 23 de dezembro de 2012, o guitarrista Mike Scaccia morreu após um ataque cardíaco enquanto tocava com sua outra banda, a Rigor Mortis. O seu décimo terceiro álbum, From Beer to Eternity, foi lançado em 6 de Setembro, 2013. O seu décimo quarto álbum de estúdio, AmeriKKKant, foi lançado em 9 de março de 2018. É o seu primeiro lançamento pela Nuclear Blast.

 Rockdigital