My Dying Bride

É uma banda inglesa de doom metal. A banda foi formada em Bradford, no norte da Inglaterra, em junho de 1990, depois que o guitarrista Andrew Craighan e o baterista Rick Miah formaram a banda depois de saírem  da Abiose, adicionando o vocalista Aaron Stainthorpe e o guitarrista Calvin Robertshaw da Abiose. Após seis meses de ensaios, a banda gravou e lançou sua demo, Towards the Sinister. A banda logo lançaria o seu primeiro single, "God is Alone", pela gravadora francesa Listenable Records. Logo em seguida, assinaram com a Peaceville Records, e lançaram o seu primeiro EP Symphonaire Infernus et Spera Empyrium, e recrutaram o baixista Adrian Jackson. O seu primeiro álbum, As the Flower Withers, lançado em 22 de maio de 1992.  Outra turnê foi planejada, mas cancelada quando o baterista Rick Miah se acidentou na gravação do vídeo que acompanha. Em 1993, Martin Powell se juntou como tecladista e violinista da banda, e eles começaram a gravar o seu segundo álbum, Turn Loose the Swans, lançado em 11 de outubro de 1993. O seu terceiro álbum, The Angel and the Dark River, foi lançado em 22 de maio de 1995. No final de 1995, o My Dying Bride viajou em uma excursão de três meses com o Iron Maiden.

 

O quarto álbum, Like Gods of the Sun foi lançado em 1996. O seu quinto álbum, 34.788% ... Complete, foi lançado em 1998. O sexto álbum, The Light at the End of the World, foi lançado em 1999. Todas as partes de guitarra do álbum foram gravadas por Andrew Craighan, após a partida de Calvin Robertshaw. Hamish Glencross foi logo depois recrutado como guitarrista permanente. As partes do teclado foram tocadas por Jonny Maudling. É também o primeiro álbum a apresentar o baterista de Shaun Steels. O My Dying Bride entrou em hiato depois do lançamento. No final do hiato em 2001, Calvin Robertshaw deixou a banda para se tornar seu gerente de turnê e foi substituído por Hamish Glencross. O sétimo álbum, The Dreadful Hours, foi lançado em 13 de novembro de 2001. Em 2004, foi lançado o oitavo álbum, Songs of Darkness Words of Light. Shaun Taylor-Steels anunciou sua saída permanente da banda devido a problemas persistentes com seu tornozelo. O seu nono álbum, A Line of Deathless Kings, foi lançado em 9 de outubro de 2006. No início de 2007, Jackson anunciou sua saída. Lena Abé foi recrutado no baixo e Dan Mullins na bateria. O seu décimo álbum, For Lies I Sire, foi lançado em 23 de março de 2009. 

 

Devido à gravidez de Sarah Stanton, ela foi substituída nos teclados por Katie Stone. Logo após o lançamento do álbum, Katie foi substituída por Shaun MacGowan. O EP Bring Me Victory, foi lançado em 26 de outubro de 2009. Para comemorar o 20º aniversário do My Dying Bride, o álbum Evinta, como um re-edição de suas velhas canções. O álbum foi lançado em 30 de maio de 2011. O décimo primeiro álbum, A Map of All Our Failures, foi lançado em 15 de outubro de 2012. Em 6 de junho de 2014, o My Dying Bride anunciou através do seu site que o guitarrista Hamish Glencross havia sido demitido depois de retornarem da Maryland Deathfest em 2014 e que o guitarrista original Calvin Robertshaw voltaria à banda. O décimo segundo álbum, Feel the Misery, foi lançado em 18 de setembro de 2015. Em 1 de março de 2017, depois de 27 anos com a Peaceville Records, a banda anunciou no Facebook que eles assinaram com a Nuclear Blast Records. No mesmo ano, o baterista Dan Mullins deixou a banda e foi substituído por um Shaun Taylor-Steels. Em 4 de dezembro de 2018, o baterista Shaun Steels foi substituído por Jeff Singer. O décimo terceiro álbum, The Ghost of Orion, foi lançado em 6 de março de 2020. 

 

 Rockdigital