Rancid

 

É uma banda punk americana. Tim Armstrong e Matt Freeman cresceram juntos na pequena cidade operária de Albany, Califórnia, perto de Berkeley. Os dois haviam tocado juntos na banda Operation Ivy de ska punk, de 1987 a 1989. A banda se tornou popular na cena punk no clube local 924 Gilman Street. Quando a Operation Ivy terminou, Armstrong e Freeman decidiram formar a banda de ska punk Downfall, que acabou após alguns meses. Eles então começaram a banda de punk hardcore Generator, que também acabou logo depois. Eles também começaram a Dance Hall Crashers, e deixaram a banda logo após a sua formação. Durante esse período, Armstrong estava lutando contra o alcoolismo, Freeman sugeriu que eles formassem uma nova banda. Em 1991, eles recrutaram Brett Reed, colega de Armstrong, como baterista e formaram a Rancid. O Rancid começou a se apresentar na área de Berkeley e rapidamente desenvolveu um número de fãs. O seu primeiro lançamento foi um EP em 1992 na Lookout! Records. Logo após o lançamento, a banda assinou com a Epitaph Records. O seu primeiro álbum, Rancid, foi lançado em 10 de maio de 1993. O seu irmão Billie Joe Armstrong  do Green Day se juntou a eles para co-escrever a música "Radio", que resultou em Billie Joe tocando uma performance ao vivo com o Rancid.

 

Logo em seguida, Lars Frederiksen se juntou ao Rancid na guitarra. O seu segundo álbum, Let's Go, foi lançado em 21 de junho de 1994. O Rancid deu suporte na turnê do The Offspring. O seu terceiro álbum, ... And Out Come the Wolves, foi lançado em 22 de agosto de 1995. O álbum alcançou a posição 45 na Billboard 200. A turnê do álbum durou dois anos. O seu quarto álbum de estúdio, Life Won't Wait, foi lançado em 30 de junho de 1998. Em 1999, o Rancid decidiu encerrar seu relacionamento com a Epitaph e assinou com a Hellcat Records. O seu quarto álbum, Rancid, também conhecido como Rancid 5 ou Rancid 2000, foi lançado em 1º de agosto de 2000. O álbum alcançou a posição 68 na Billboard 200. No ano seguinte, a banda participou da turnê Vans Warped 2001. O seu sexto álbum de estúdio, Indestructible, foi lançado em 19 de agosto de 2003, e alcançou a posição 15 na Billboard 200. Em 2004, após uma turnê do álbum, o Rancid entrou em hiato prolongado. Os membros da banda trabalharam com projetos paralelos, apesar de não ter sido oficialmente dissolvido. No início de 2006, o Rancid se reformou para embarcar em uma turnê de sucesso e tocou várias apresentações acústicas como parte da série de concertos Hellcat Nights da Hellcat Records no Echo.

 

Foi a primeira apresentação ao vivo da banda desde seu hiato. Em 3 de novembro de 2006, Reed deixou o Rancid e foi substituído por Branden Steineckert. O Rancid fez uma turnê no Japão em abril de 2008 para uma série de shows após seus dois dias de atração do Festival Punkspring 2008. Após a turnê japonesa, o Rancid embarcou em uma turnê completa dos EUA durante o verão e uma turnê pelo Reino Unido no inverno. O seu sétimo álbum, Let the Dominoes Fall, foi lançado em 2 de junho de 2009. Foi o primeiro álbum do Rancid sem sua formação clássica, com Branden Steineckert substituindo Brett Reed na bateria. Em março de 2012, o Rancid fez alguns shows com o Cock Sparrer. Foi o show do 40º aniversário do Cock Sparrer e o 20º aniversário do Rancid. Como parte de seu vigésimo aniversário, eles encabeçaram o Rebellion Festival em Blackpool e em 8 de dezembro de 2012 tocaram em Birmingham junto com Cock Sparrer como parte do Rebellion Festival. O seu oitavo álbum, ...Honor Is All We Know, foi lançado em 27 de outubro de 2014. Em março de 2016, a banda tocou em seu primeiro navio de cruzeiro. Em 25 de março de 2017, o Rancid tocou pela primeira vez no Brasil no Lollapalooza São Paulo. O seu nono álbum, Trouble Maker, foi lançado em 9 de junho de 2017.

 Rockdigital