Simon & Garfunkel

Foi uma dupla norte-americana de folk rock. Paul Simon e Art Garfunkel gravaram a canção "Hey Schoolgirl" no Sanders Recording Studio em Manhattan, e assinaram um contrato com a gravadora independente Big Records. Eles assumiram o nome de Tom & Jerry. Garfunkel nomeou-se Tom Graph e Simon, Jerry Landis em 1957 e emplacaram o seu primeiro sucesso com o single "Hey, Schoolgirl". No final de 1963, eles se apresentaram como Kane & Garr no Gerde's Folk City e atraíram a atenção do produtor da Columbia, que assinou um contrato com a dupla. O seu primeiro álbum, Wednesday Morning, 3 AM, foi lançado em outubro de 1963. O primeiro concerto público da dupla como Simon & Garfunkel foi no Folk City em 31 de março de 1964. Como venderam muito pouco, Paul Simon foi tentar a sorte no circuito folk inglês e ao retornar à América em 1965, se reencontra com Garfunkel, e juntos gravam o seu segundo álbum, Sounds of Silence, lançado em 17 de janeiro de 1966. A canção "The Sound of Silence" ficou no topo da Billboard Hot 100. O seu terceiro álbum, Parsley, Sage Rosemary and Thyme, foi lançado em outubro de 1966. A dupla contribuiu com diversas canções para a trilha sonora do filme The Graduate (A Primeira Noite de um Homem).

 

Antes do lançamento do seu quarto álbum, a dupla ajudou a montar e se apresentar no Monterey Pop Festival, que marcou o início do verão do amor na costa oeste. O seu quarto álbum, Bookends, foi lançado em 3 de abril de 1968 pela Columbia Records, um dia antes do assassinato do ativista do movimento pelos direitos civis Martin Luther King Jr., que provocou revoltas em todo o país. O álbum alcançou o topo na Billboard Top LPs. No Grammy Awards de 1969, o single "Mrs. Robinson" se tornou a primeira música de rock and roll a receber o prêmio de Gravação do Ano e também ganharam de Melhor Desempenho Pop Contemporâneo Por um Duo ou Grupo. Ao mesmo tempo, a relação de Simon & Garfunkel começou a desgastar-se. O seu quinto e último álbum, Bridge Over Troubled Water, foi lançado em janeiro de 1970. O álbum liderou as paradas da Billboard por 10 semanas e permaneceu nas paradas por 85 semanas. No Reino Unido, o álbum liderou as paradas por 35 semanas e passou 285 semanas entre as 100 melhores. Uma breve turnê britânica seguiu o lançamento do álbum, e o último show da dupla como Simon & Garfunkel ocorreu em Forest Hills Stadium, no Queens, em New York. Em 1971, o álbum ganhou seis prêmios no Grammy Awards, incluindo o Álbum do Ano. 

Na década de 1970, a dupla se reuniu várias vezes. Em 1 de maio de 1978, Simon se juntou a Garfunkel para um concerto realizado no Carnegie Hall para beneficiar os deficientes auditivos. Para ajudar a aliviar o declínio econômico de Nova York, o promotor de shows Ron Delsener sugeriu um show gratuito no Central Park. O show foi realizado em 19 de setembro de 1981. A Warner Bros. Records lançou o álbum ao vivo, The Concert in Central Park, em 16 de fevereiro de 1982. A apresentação marcou a reunião temporária de Simon & Garfunkel. A dupla realizou uma turnê mundial a partir de maio de 1982, mas seu relacionamento ficou controverso e durante a maior parte da turnê, eles não se falaram. Simon & Garfunkel foram induzidos no Rock and Roll Hall of Fame em 1990. Em 2003, Simon & Garfunkel receberam um Lifetime Achievement Award no Grammy Awards. A turnê de reunião Old Friends começou em outubro de 2003, e terminaram sua turnê de nove meses com um show gratuito na Via dei Fori Imperiali, em frente ao Coliseu, em Roma, em 31 de julho de 2004. Em 2005, Simon e Garfunkel se apresentaram no show beneficente do Hurricane Katrina no Madison Square Garden. Em fevereiro de 2018, Simon anunciou sua aposentadoria das turnês.