bb.jpg
Breaking Benjamin

 

É uma banda de rock americana. Benjamin Burnley estava na banda Breaking Benjamin em 1998 que tocava músicas mais suaves, como covers de Weezer e The Beatles. O nome se origina de um incidente no qual Burnley quebrou um microfone emprestado, levando seu dono a retrucar: Obrigado a Benjamin por quebrar a porra do meu microfone. Essa banda incluía o guitarrista Aaron Fink, o baixista Nick Hoover e o baterista Chris Lightcap, mas logo se separou quando Burnley se mudou para a Califórnia. Depois de retornar à Pensilvânia com o baterista Jeremy Hummel, Burnley formou o Plan 9, que também incluía o baixista Jason Davoli. A banda recuperou o nome Breaking Benjamin da banda anterior, já que Burnley ainda tinha adesivos promocionais com esse nome. O trio ganhou atenção pela primeira vez quando Freddie Fabbri, um DJ da estação de rádio WBSX, tocou a faixa "Polyamorous" da banda. Depois de se tornar a faixa solicitada número 1 na estação, Fabbri financiou a gravação do seu primeiro EP Breaking Benjamin, em 2001. Aaron Fink e o baixista Mark Klepaski se juntaram ao Breaking Benjamin. A banda assinou com a Hollywood Records. O seu primeiro álbum, Saturate, foi lançado em 27 de agosto de 2002, e alcançou a posição 136 na Billboard 200. O EP Live, foi lançado em 29 de junho de 2004. O seu segundo álbum, We Are Not Alone, foi lançado em 29 de junho de 2004, e alcançou a posição 20 na Billboard 200. A banda co-encabeçou uma turnê com Evanescence, Seether, e Three Days Grace. Em 23 de novembro de 2004, a Breaking Benjamin lançou o EP So Cold, que apresenta versões ao vivo e acústica.

 

No final de 2005, o baterista Hummel entrou com uma ação federal contra o Breaking Benjamin. De acordo com a ação, Hummel pediu no início daquele ano para tirar licença paternidade para ficar com sua esposa durante o nascimento de seu primeiro filho, ao qual todos os membros da banda concordaram e contrataram Kevin Soffera como substituto temporário na bateria. No entanto, Burnley ligou para Hummel e o demitiu. Ben "BC" Vaught foi contratado como baterista titular da banda. A ação foi encerrada em abril de 2006. Após a saída de Hummel, a banda fez um teste com quinze bateristas, dos quais Chad Szeliga se destacou. O seu terceiro álbum, Phobia, foi lançado em 8 de agosto de 2006 com sucesso comercial. O álbum alcançou o segundo lugar na Billboard 200. O seu primeiro single, "The Diary of Jane", alcançou o segundo lugar na Billboard Rock Mainstream. O seu quarto álbum, Dear Agony, foi lançado em 29 de setembro de 2009, e alcançou a quarta posição na Billboard 200. Foi o primeiro álbum que Burnley escreveu completamente sóbrio. O primeiro single do álbum "I Will Not Bow" alcançou o topo na Billboard Rock Mainstream. A banda fez uma turnê de apoio ao álbum em janeiro e fevereiro de 2010 com Three Days Grace e Flyleaf,  Em abril, a banda começou a sua Dark Horse Tour. Antes do último show da Tour, Burnley afirmou que estava doente e, portanto, não poderia mais fazer uma turnê de divulgação do álbum, colocando a banda em um hiato. Em março de 2010, a Hollywood Records solicitou que a banda produzisse duas novas gravações e um álbum de grandes sucessos.

 

Em maio de 2011, Fink e Klepaski atenderam aos pedidos da gravadora. Burnley, alegando que Fink e Klepaski agiram unilateralmente, não informando a ele ou ao empresário da banda, despediu os dois por e-mail. Burnley e os outros dois membros da banda terminaram essa formação. O álbum de compilação, Shallow Bay: The Best of Breaking Benjamin, foi lançado em 16 de agosto de 2011, e alcançou a posição 22 na Billboard 200. Em abril de 2013, Burnley anunciou que a disputa envolvendo Fink e Klepaski estava resolvida e que ele manteria o direito de continuar a banda com o nome de Breaking Benjamin. Três dias depois, Szeliga anunciou sua saída. Em agosto de 2014, a banda anunciou via Facebook que a banda se reformou como um quinteto com Jasen Rauch na guitarra, Keith Wallen na guitarra e backing vocals, Aaron Bruch no baixo e backing vocals e Shaun Foist na bateria. O single "Failure", e o seu quinto álbum, Dark Before Dawn, foi lançado em 23 de junho de 2015, e alcançou o topo na Billboard 200. A nova formação estreou com shows acústicos no final de 2014. Em julho de 2015, a banda anunciou sua primeira apresentação no exterior, encabeçando um cruzeiro de quatro dias em fevereiro de 2016. A banda se apresentou no Download Festival no Reino Unido, Rock am Ring na Alemanha, e Nova Rock na Áustria. O sexto álbum, Ember, foi lançado em 13 de abril de 2018, e alcançou a terceira posição na Billboard 200. O seu segundo álbum de compilações, Aurora, foi lançado em 24 de janeiro de 2020, com versões acústicas, e alcançou a posição 29 na Billboard 200