Fleetwood Mac

 

É uma banda anglo-americana de rock. A banda foi formada na Califórnia em 1967, quando o guitarrista e compositor Peter Green e o baixista John McVie deixaram o John Mayall & the Bluesbreakers para formar sua própria banda. A formação se completou com entrada do vocalista e guitarrista Jeremy Spencer e do baterista Mick Fleetwood. Eles se apresentaram pela primeira vez no British National Jazz & Blues Festival, em agosto daquele ano, com o nome de Peter Green's Fleetwood Mac. Peter Green já era conhecido como cantor de blues e guitarrista, e o Fleetwood Mac, como passaram a ser chamado, tornou-se o pioneiro no movimento de blues na Inglaterra, tendo sucesso imediato. Em 1969, o estilo de Peter Green começou a revelar um afastamento do puro blues e, em maio de 70, num acesso de misticismo, ele resolveu deixar a banda e a vida musical. O Fleetwood Mac se afastou por alguns meses, voltando no fim do ano com o álbum, Kiln House, que seria o trampolim para seu futuro sucesso nos EUA. No ano seguinte, foi a vez de Jeremy Spencer que durante uma turnê pelos EUA, ele desapareceu em Los Angeles, sendo encontrado dias depois num templo da seita Meninos de Deus, disposto a ficar por lá e abandonar a carreira musical. Depois desse novo afastamento, a banda retornou.

 

Mas devido também às muitas alterações ocorridas na formação e o fracasso dos álbuns lançados, chegou novamente à dissolução. Foi nessa época, em 1972, que o empresário Clifford Davis criou um outro Fleetwood Mac sem nenhum dos integrantes originais, para substitui-los. Mas John McVie entrou com uma ação na justiça contra a banda falsa e ganhou. Com uma nova formação com Christine McVie nos vocais e teclados, Mick Fleetwood na bateria, John McVie no baixo, Stevie Nicks nos vocais e Lindsey Buckigham na guitarra, a banda voltou a ocupar seu lugar nas paradas de sucesso. Rumours é o décimo primeiro álbum de estúdio da banda. Gravado em 1976, foi lançado em 4 de fevereiro de 1977. O álbum alcançou o topo das paradas da Billboard nos EUA e da UK Albums Chart no Reino Unido, e foi vencedor do Grammy de Álbum do Ano. Foi o primeiro com a dupla Lindsey Buckigham e Stevie Nicks como integrantes. Depois do lançamento do álbum, Mirage, em 1982, a banda entrou em hiato. O décimo quarto álbum de estúdio da banda, Tango in the Night, foi lançado em abril de 1987. O álbum é o último da banda com a formação clássica. O projeto, a princípio, seria um álbum solo de Buckigham, mais tarde adaptado como projeto da banda. O álbum marcou o primeiro rompimento entre a banda e Buckigham que  anunciou sua saída. 

 

Em 1996, os membros da formação clássica da banda voltaram a ensaiar juntos e anunciaram o retorno oficial em março do ano seguinte. Naquele ano, produziram um álbum ao vivo, The Dance. O sucesso do álbum motivou a banda a fazer uma turnê. Após a turnê em 1998, Christine McVie saiu da banda, e eles seguiram como um quarteto. A banda foi induzida no Rock and Roll Hall of Fame em 1998. O seu décimo sétimo álbum, Say You Will, foi lançado em 2003, com apenas Buckigham e Nicks nos vocais. Em 2013, a banda teve que pausar temporariamente sua turnê pelo fato do baixista John McVie ter sido diagnosticado com câncer. Christine foi anunciada de volta ao Fleetwood Mac em janeiro de 2014. No ano seguinte, Nicks estava na divulgação do seu trabalho solo, e declarou publicamente, em entrevista, que estava relutante em gravar um álbum com a banda. Com isso, Buckigham e McVie tiveram que lançar o material, feito com os demais membros da banda, como um álbum solo, Lindsey Buckingham Christine McVie, foi lançado em junho de 2017. Em 2018, a banda foi premiada com o MusiCares Person of the Year. Logo após, Buckigham foi expulso da banda. No seu lugar, Mick Fleetwood convidou os guitarristas Mike Campbell, ex-membro do Tom Petty and the Heartbreakers, e Neil Finn, vocalista e guitarrista da Crowded HousePeter Green morreu no dia 25 de julho de 2020 aos 73 anos.

 Rockdigital