Joy Division

Foi uma banda inglesa de rock. Bernard Sumner, Peter Hook e o amigo Terry Mason estavam no show do Sex Pistols no Lesser Free Trade Hall, em Manchester, no dia 20 de junho de 1976, e decidiram montar uma banda. Bernard tinha uma guitarra, Hook resolveu comprar um baixo e Terry foi escalado como baterista, embora não tivesse muita intimidade com o instrumento, e Ian Curtis, que também estava neste show, acompanhado da esposa Deborah foi o escolhido para os vocais. O primeiro nome da banda era Warsaw, inspirado numa música de David Bowie, "Warszawa". A banda Warsaw teve a sua primeira apresentação no dia 29 de Maio de 1977 como banda suporte das bandas Buzzcocks, Penetration e do poeta John Cooper Clarke no Electric Circus. Tony Tabac foi o baterista nesta apresentação, substituindo Terry Mason, que se tornaria empresário da banda nesta época. Tabac foi substituído no mês seguinte por Steve Brotherdale. Por conta de seu temperamento agressivo, Brotherdale também foi dispensado. Stephen Morris, que estudou no mesmo colégio que Curtis, foi o baterista escolhido. Já existindo uma banda de punk rock londrina chamada Warsaw Pakt, eles mudaram o nome para Joy Division em 1977.

 

Joy Division era o nome de uma casa de prostituição extraída de um romance chamado The House Of Dolls, escrito por Yehiel De-Nur, em 1956. Esse nome teve origem nos campos de concentração nazistas, e servia justamente para designar a área reservada às prisioneiras judias que eram oferecidas sexualmente aos soldados nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. No dia 27 de dezembro, após o primeiro concerto em Londres, na volta para casa, Ian teve seu primeiro ataque epilético e foi levado para um hospital. O primeiro álbum da banda, Unknown Pleasures, foi lançado em 15 de junho de 1979 pela Factory Records. O álbum alcançou a posição 5 no Reino Unido. Ainda em 1979, eles lançaram seu o primeiro single, "Transmission", relativamente famoso em razão da performance que a banda fez em um programa de TV da BBC2, Something Else, que foi ao ar no dia 15 de setembro de 1979. Essa foi a única apresentação de TV da banda. No ano seguinte, o quadro clínico de Ian piorou, houve o agravamento de sua epilepsia, com crises cada vez mais frequentes e o aumento dos problemas conjugais.

 

Ainda assim, o Joy Division pôde gravar o seu segundo álbum. Em 7 de abril de 1980, Curtis tentou se suicidar com uma overdose de seu medicamento anti-convulsivo, fenobarbitona. Os problemas de saúde de Curtis levaram ao cancelamento de vários shows em abril. A apresentação final ao vivo do Joy Division foi realizada no High Hall da Universidade de Birmingham, em 2 de maio. Na noite anterior à partida da banda para a sua primeira turnê nos EUA / Canadá, Curtis retornou à sua casa em Macclesfield para conversar com sua esposa Deborah sobre o divórcio. No dia 18 de maio de 1980, depois de passar a noite assistindo ao filme Stroszek, de Werner Herzog, Ian Curtis se enforcou em sua cozinha. Em junho de 1980, o single "Will Tear Us Apart" foi lançado, e alcançou a posição 13 na parada de singles do Reino Unido. O seu segundo álbum, Closer, foi lançado em 18 de julho de 1980 pela Factory Records. O álbum alcançou a posição 6 nas paradas de álbum do Reino Unido. Os membros fizeram um pacto muito antes da morte de Curtis de que, se algum membro saísse, os membros restantes mudariam o nome da banda. A banda se reformou como New Order.

 

 Rockdigital