little_richard.jpg
rip.png
Litlle Richard

Richard Wayne Penniman nasceu em Macon na Geórgia no dia 5 de Dezembro de 1932. Foi um cantor, compositor e pianista americano. Em outubro de 1951, Richard começou suas gravações de jump blues pela RCA Camden. Em 1952 enquanto Richard estava em uma de suas gravações, seu pai levou um tiro e morreu, o assassino foi preso mas pouco tempo depois as acusações acabaram sendo retiradas. Richard foi forçado a trabalhar como lavador de pratos em Macon. Suas próximas gravações com a Peacock Records em 1953 não estavam satisfazendo Richard com sua carreira solo, ele então formou uma nova banda de R&B The Upsetters. Como sugestão de Lloyd Price, Richard gravou uma demo para o selo gospel/R&B Specialty Records em 9 de fevereiro de 1955. O dono da Specialty, Art Rupe, emprestou dinheiro para comprar seu contrato da Peacock Records. Após seguidas gravações que não agradaram Blackwell, Richard começou a espancar no piano um ritmo boogie woogie e gritar a improvisada "Tutti Frutti", uma canção que ele havia escrito e apresentado no palco durante anos. Blackwell estava tão impressionado com aquele som que fez Richard gravar a canção.

 

O single "Tutti Frutti" foi lançado em outubro de 1955, e alcançou o segundo lugar na parada da Billboard Rhythm and Blues, e também alcançou a posição 21 na parada da Billboard Pop Albums. Seguiram-se hits como "Lucille", "Keep A Knockin", "Long Tall Sally", "Rip it up", "Jenny Jenny" entre outros. Pouco depois do lançamento de "Tutti Frutti", Richard se mudou para Los Angeles. O seu primeiro álbum, Here Little Richard, foi lançado em 4 de março de 1957 pela Specialty. Ele tinha marcado seis hits no Top 40 no ano anterior. O álbum alcançou a posição 13 na Billboard Pop Albums. Em 1958, Little Richard deixou o Rock and Roll e se matriculou na escola bíblica do Oakwood College em Huntsville, Alabama. Ele explicou que, enquanto sobrevoava as Filipinas em uma turnê, a asa de seu avião pegou fogo e suas orações para que as chamas se apagassem foram atendidas, então ele decidiu dedicar o resto de sua vida a Deus. Ele se tornou pastor e gravou canções gospel. Richard lançou em 1960, os álbuns, Pray Along with Little Richard - Vol 1 e o Vol 2, que foram gravados durante o período em que ele renunciou ao rock and roll. Em 1962, entretanto, voltou aos palcos em uma turnê com shows de abertura dos Beatles e do Rolling Stones. O seu sétimo álbum, Little Richard Is Back, foi lançado em agosto de 1964, com o retorno de Little Richard ao rock and roll.

 

O seu primeiro álbum ao vivo, The Incredible Little Richard Sings His Greatest Hits – Live!, foi lançado em 1967. O seu décimo primeiro álbum, The King of Rock and Roll, foi lançado em outubro de 1971, e alcançou a posição 193 na Billboard Top Lps. Em 1986, Little Richard foi incluído no Rock and Roll Hall of Fame, e também no Songwriters Hall of Fame. Ele recebeu um prêmio pelo conjunto de sua obra na Recording Academy do Grammy Awards e um prêmio pelo conjunto de sua obra na Rhythm and Blues Foundation. O seu álbum, Southern Child, com lançamento previsto para 1972 como seu terceiro álbum pela Reprise Records foi engavetado. As faixas que compõem o álbum foram lançadas em janeiro de 2005 pela Rhino Records como parte de sua coleção Complete Reprise Recordings. Em 2007, Richard começou a ter problemas para andar devido à ciática na perna esquerda, obrigando-o a usar muletas. Em novembro de 2009, ele entrou em um hospital para fazer uma cirurgia de substituição no quadril esquerdo. Apesar de retornar às apresentações no ano seguinte, os seus problemas com seu quadril continuaram, ele foi trazido ao palco em uma cadeira de rodas e só conseguia tocar sentado. No dia 9 de maio de 2020, Little Richard faleceu aos 87 anos em sua casa em Tullahoma, Tennessee, de uma causa relacionada ao câncer ósseo, após uma doença de dois meses.