Paradise Lost

É uma banda inglesa de gothic metal. Em 1988, na cidade de Halifax, Inglaterra, a banda foi formada pelo vocalista Nick Holmes, os guitarristas Gregor Mackintosh e Aaron Aedy, o baixista Stephen Edmondson e o baterista Matthew Archer. Eles assinaram com a gravadora Peaceville Records logo após a gravação da sua primeira demo. O seu primeiro álbum, Lost Paradise, foi lançado em fevereiro de 1990, e teve a participação da Kay Field nos vocais femininos. Em março de 1991 lançaram seu segundo álbum, Gothic. Em 19 de março de 1991, a banda deixou a Peaceville Records e assinou um contrato de três anos com a Music For Nations. O terceiro álbum, Shades of God, foi lançado em 14 de junho de 1992. O seu primeiro EP As I Die, foi lançado em 7 de fevereiro de 1993, o mais aclamado no Single of the Week da MTV europeia, onde alcançou alta rotatividade. O seu quarto álbum, Icon, foi lançado em 28 de setembro de 1993. Este trabalho também resultou no sepultamento definitivo da formação death metal da banda. O EP Gotic, foi lançado em 30 de junho de 1994. 

 

A banda se apresentou no show Rock in the Ring, em Nuremberga, Alemanha. No fim de 1994, o baterista Matt Archer saiu da banda e foi substituído por Lee Morris. O seu quinto álbum, Draconian Times, foi lançado em 12 de junho de 1995. O seu sexto álbum, One Second, foi lançado em 14 de julho de 1997. O álbum causou certo alvoroço entre os fãs pela utilização de bateria eletrônica, ritmos inspirados no synthpop dos anos 80 e menos guitarra. O seu sétimo álbum, Host, foi lançado em 24 de maio de 1999. A influência do som gótico/synthpop dos anos 80 aumentou consideravelmente, sendo o álbum muito semelhante ao som da banda Depeche Mode. O seu oitavo álbum, Believe in Nothing, foi lançado em 26 de fevereiro de 2001. O álbum passou meio despercebido na mídia e também pelos fãs, devido ao álbum anterior, a banda tinha perdido parte de seus fãs. Na turnê de apoio, a banda tocou no Festival Wacken Open Air. O seu nono álbum, Symbol of Life, foi lançado em 21 de outubro de 2002. O álbum marcou a saída da banda de sua abordagem baseada em sintetizadores e retorna a um som muito mais pesado, embora não abandone completamente os teclados. Em 2004, o baterista Lee Morris saiu da banda e foi substituído por Jeff Singer.

 

O seu décimo álbum, Paradise Lost, foi lançado em 17 de março de 2005. O seu décimo primeiro álbum, In Requiem, foi lançado em 21 de maio de 2007 no Reino Unido. "The Enemy" foi o único single lançado. Em 2008, o baterista Jeff Singer saiu da banda e foi substituído por Mark Heron, um músico de seção. O seu décimo segundo álbum, Faith Divides Us – Death Unites Us foi lançado em 25 de setembro de 2009 pela Century Media Records. O baterista de seção Peter Damin tocou nesse álbum, substituindo Mark Heron. O baterista Adrian Erlandsson se juntou à banda em 2009. O seu décimo terceiro álbum, Tragic Idol, foi lançado em 23 de abril de 2012 na Europa e 24 de abril de 2012 na América do Norte. O álbum foi influenciado pelo doom metal clássico e pelo metal clássico. O seu décimo quarto álbum, The Plague Within, foi lançado em 1 de junho de 2015 na Europa e 2 de junho de 2015 na América do Norte. O álbum marca um retorno ao estilo death/doom do início da carreira, ainda que misturado com o gothic metal. O baterista Adrian Erlandsson saiu  da banda e foi substituído por Waltteri VäyrynenO seu décimo quinto álbum, Medusa, foi lançado em 1 de setembro de 2017, pela Nuclear Blast

 Rockdigital