Pearl Jam

É uma banda americana de rock alternativo. Em Seattle, Washington, Stone Gossard e Jeff Ament eram membros da banda Green River, uma das pioneiras do movimento grunge que foi dissolvida em 1987, em razão de conflitos de estilo entre os integrantes Mark Arm e Steve Turner, que formaram o Mudhoney. Eles começaram a tocar com Andrew Wood, vocalista do Malfunkshun, que a se tornou a banda Mother Love BoneWood morreu de uma overdose de heroína, Gossard e Ament encerraram a Mother Love Bone. Gossard passou a trabalhar em um material mais pesado em relação ao que vinha fazendo antes. Depois de alguns meses ele começou a praticar com seu amigo guitarrista Mike McCready, que encorajou Gossard a se unir com Ament. Após ensaiarem por um tempo, o trio lançou uma fita demo, buscando encontrar um vocalista e um baterista. Eles deram esta fita à Jack Irons, ex-baterista do Red Hot Chili PeppersIrons enviou a demo ao seu amigo Eddie Vedder de San Diego. Ele então gravou os vocais de três das cinco músicas, "Alive", "Once" e "Footsteps", e enviou a fita com seus vocais para os três músicos em Seattle. Eles ficaram tão impressionados que fizeram Vedder voar para Seattle para uma audição. Em uma semana, Vedder se juntou à banda. Com o reforço de Dave Krusen na bateria, a banda assumiu o nome de Mookie Blaylock, em referência ao então jogador de basquete. A primeira apresentação oficial dessa banda foi no Café Off Ramp em Seattle, no dia 22 de outubro de 1990. Logo em seguida, eles assinaram com a Epic Records. Por questão de marca registrada tornou-se necessário uma mudança no nome, e a banda passou a se chamar Pearl Jam.

 

O baterista Dave Krusen deixou a banda e foi substituído por Matt Chamberlain. Depois de tocar  alguns shows, Chamberlain saiu e sugeriu Dave Abbruzzese como seu substituto. O seu primeiro álbum, Ten, foi lançado em 27 de agosto de 1991. O álbum alcançou o segundo lugar na Billboard 200, e permaneceu nas paradas por quase cinco anos e se tornou um dos álbuns de rock mais vendidos de todos os tempos. Abbruzzese se juntou ao Pearl Jam, apoiando o seu primeiro álbum. Em 1992, a banda participou do Lollapalooza. O Pearl Jam recebeu quatro prêmios no MTV Video Music Awards de 1993 pelo vídeo da música "Jeremy". O seu segundo álbum, vs., foi lançado em 19 de outubro de 1993, e alcançou o topo na Billboard 200, e ficou por cinco semanas. Em 1994, o Pearl Jam entrou numa briga judicial com a vendedora de ingressos Ticketmaster. A banda testemunhou em uma investigação em Washington, DC, e cancelou sua turnê de verão de 1994 em protesto. Depois que o Departamento de Justiça desistiu do caso, o Pearl Jam continuou a boicotar a empresa. Depois que o Pearl Jam terminou a gravação do seu terceiro álbum, Vitalogy, lançado em 22 de novembro de 1994, o baterista Dave Abbruzzese foi demitido, e foi substituído por Jack Irons, que fez sua estréia com a banda no Bridge School Benefit de Neil Young. O seu quarto álbum, No Code, foi lançado em 27 de agosto de 1996 pela Epic Records. Embora o álbum tenha chegado ao topo na Billboard 200, ele rapidamente caiu nas paradas. O seu quinto álbum, Yield, foi lançado em 3 de fevereiro de 1998, e estreou no segundo lugar na Billboard 200. Em abril de 1998, Jack Irons deixou a banda e foi substituído por Matt Cameron. A Yield Tour de 1998 do Pearl Jam na América do Norte marcou o retorno da banda à turnê em grande escala. Para esta e as turnês futuras, o Pearl Jam voltou a usar a Ticketmaster

 

O seu sexto álbum, Binaural, foi lançado em 16 de maio de 2000. A banda lançou 72 álbuns ao vivo em 2000 e 2001, e duas vezes estabeleceu um recorde para a maioria dos álbuns estrearem na Billboard 200 ao mesmo tempo. No dia 30 de junho, no Roskilde Festival na Dinamarca, nove fãs foram esmagados e sufocados até a morte quando a multidão correu para a frente durante o show. Em 22 de outubro de 2000, a banda tocou na MGM Grand em Las Vegas, comemorando o décimo aniversário de sua primeira apresentação ao vivo. O seu sétimo álbum, Riot Act, foi lançado em 12 de novembro de 2002. Em fevereiro de 2006, a banda assinou com a J Records. O oitavo álbum, Pearl Jam, foi lançado em 2 de maio de 2006. O seu nono álbum, Backspacer, foi lançado em 20 de setembro de 2009. O álbum estreou em primeiro lugar na Billboard 200. O Pearl Jam não assinou novamente seu contrato com a J Records, e a banda lançou o álbum através de sua própria gravadora, a Monkeywrench Records. Na turnê européia que ocorreu em junho e julho de 2010, a banda se apresentou na Irlanda do Norte pela primeira vez no Odyssey Arena, em Belfast. O seu décimo álbum, Lightning Bolt, foi lançado em 14 de outubro de 2013. Foi o quinto álbum do Pearl Jam a alcançar o número um na Billboard 200. No 57º Grammy Awards de fevereiro de 2015, o álbum ganhou o prêmio de Melhor Pacote de Gravação. Em abril de 2017, o Pearl Jam foi induzido no Rock and Roll Hall of Fame. A banda lançou uma turnê em 2018 com shows na América do Sul em março de 2018, incluindo shows nos eventos do Festival Lollapalooza no Brasil e Chile. O seu décimo primeiro álbum, Gigaton, foi lançado em 27 de março de 2020.

 Rockdigital