Ramones

Foi uma banda americana de punk rock. Douglas Colvin e John Cummings decidiram montar uma banda, chamaram para a bateria um conhecido de Douglas, Jeffrey Hyman. Nos primeiros ensaios John tocava a guitarra e Douglas Dee Dee tocava o baixo e cantava. Batizaram a banda de Ramones e todos usaram Ramone como sobrenome, como se fizessem parte de uma família. A banda decidiu que os vocais ficariam com Joey, e escolheram Thomas Erdelyi para a baterista, que se tornou Tommy Ramone. Os primeiros show do Ramones foi no Performance Studios, em 30 de março de 1974. Logo a banda passaria a fazer shows na casa noturna CBGB's, integrando uma cena underground. O seu primeiro álbum, Ramones, foi lançado em 1976, foi o primeiro álbum de Punk Rock da história. O baterista Tommy saiu da banda em 1978, por não gostar das longas turnês que a banda vinha fazendo. No seu lugar chamaram o baterista Marc Bell que se tornou Marky Ramone. O seu quinto álbum, End of the Century, foi lançado em 04 de fevereiro de 1980, alcançando a posição 44 na Billboard 200, durante catorze semanas. É o álbum de maior sucesso da banda. O problema de Marky com o álcool tinha ficado intolerável a ponto de faltar a shows. Marky saiu do Ramones para se tratar em uma clínica de reabilitação de álcool e drogas, depois das gravações do sétimo álbum, Subterranean Jungle, lançado em fevereiro de 1983.

 

Richard Reinhardt que se tornou Richie Ramone ocupou a sua vaga. Clem Burke, baterista do Blondie, que se tornou Elvis Ramone entrou no lugar de Richie. Os dois shows com ele foram um desastre. Mesmo custando a acreditar na recuperação do ex-alcoólatra Marky, a banda resolveu marcar um ensaio para ver como o ex-baterista se sairia. Uma semana após a tentativa com Burke, Marky estava de volta ao Ramones. O seu décimo primeiro álbum, Brain Drain foi lançado em 23 de março de 1989. Dee Dee resolveu sair da banda. Seu último show foi na cidade californiana de Santa Clara, no dia 5 de julho de 1989. Dee Dee Ramone foi encontrado morto em sua casa em Hollywood no dia 5 de junho de 2002, devido a uma overdose de heroína. O baixista Christopher Joseph Ward foi contratado e que se tornou C.Jay Ramone. Apenas em 1994 os outros membros do Ramones ficaram sabendo que o vocalista Joey estava com câncer. Em 95, Joey deixou claro que o Ramones teriam que parar de fazer shows. Além da saúde debilitada do vocalista, o fim da banda não era oficializado mas comunicaram à imprensa que o último álbum seria gravado. O seu décimo quarto e último álbum de estúdio, ¡Adios Amigos!, foi lançado em 18 de julho de 1995 pela Radioactive Records

 

O último show do Ramones aconteceu no dia 6 de agosto de 1996 no Palace em Hollywood. No dia 15 de abril de 2001, Joey Ramone faleceu em decorrência de um câncer linfático. Em 2002, o Ramones foram induzidos no  Rock and Roll Hall of Fame com a presença de Dee Dee Ramone, Joey Ramone, Johnny Ramone, Marky Ramone e Tommy Ramone. No dia 15 de setembro de 2004, Johnny Ramone morreu em decorrência de um câncer de próstata. No mesmo dia da morte de Johnny, o primeiro Museu Ramones do mundo, localizado em Berlim, na Alemanha, abriu suas portas ao público. Em fevereiro de 2011, a banda foi homenageada com o Grammy Lifetime Achievement Award. O diretor criativo Arturo Vega, de sua formação em 1974 até sua dissolução em 1996 e considerado o quinto Ramone, morreu de câncer em 8 de junho de 2013, aos 65 anos de idade. No dia 11 de julho de 2014, Tommy Ramone faleceu em decorrência de um câncer no ducto biliar, aos 65 anos de idade. Em 30 de outubro de 2016, a banda tinha uma rua no Queens, Nova York, em homenagem a eles. O cruzamento da 67th Avenue com a 110th Street, em frente à entrada principal da Forest Hills High School, foi oficialmente chamada de The Ramones Way.

 Rockdigital