The Doobie Brothers

 

É uma banda americana de rock. O baterista John Hartman chegou à Califórnia determinado a conhecer Skip Spence da Moby Grape, para participar de uma reunião da banda Grape, ex-banda de SpenceHartman conheceu o guitarrista Tom Johnston. Em 1970, eles se uniram ao vocalista, guitarrista Patrick Simmons e ao baixista Dave Shogren e formaram o Doobie Brothers. Eles atraíram um público particularmente forte entre os Hells Angels e fizeram um show em um dos locais favoritos dos motociclistas, o Chateau Liberté em Santa Cruz. Eles assinaram um contrato com a Warner Bros. Records em 1971. O seu primeiro álbum, The Doobie Brothers, foi lançado em 30 de abril de 1971. No mesmo ano, a banda adicionou um segundo baterista, o veterano da Marinha dos Estados Unidos Michael Hossack. Durante a gravação do próximo álbum, Shogren saiu e foi substituído por Tiran Porter. O seu segundo álbum, Toulouse Street, foi lançado em 1 de julho de 1972, com o single "Listen to the Music". Durante as sessões de gravação do próximo álbum, Hossack deixou a banda. O baterista Keith Knudsen foi recrutado em setembro de 1973. O seu quarto álbum, What Was Once Vices Are Now Habits, foi lançado em 1 de fevereiro de 1974, com o seu primeiro single número 1 da banda, "Black Water".

 

Na primavera de 1975, Johnston foi hospitalizado com úlcera sangrando. Baxter propôs recrutar o colega Michael McDonald do Steely Dan, para preencher a vaga de Johnston na turnê. Ele se recuperou, e brevemente retornou a banda, fazendo algumas participações e depois se demitiu. A banda também recrutou o seu ex-roadie Bobby LaKind na percussão. O seu oitavo álbum, Minute by Minute, foi lançado em 1 de dezembro de 1978. O álbum passou cinco semanas no topo na Billboard Pop Albums. A canção "What a Fool Believes" foi o seu segundo single número 1 na Billboard Hot 100. A canção recebeu 2 Grammy Awards em 1980 pela Canção do Ano e Disco do Ano. Hartman, Baxter e LaKind deixaram a banda. Em 1980, LaKind retornou. Porter deixou a banda, e o baixista Willie Weeks se juntou à banda. No final de 1981, Simmons deixou a banda, com McDonald pronto para uma carreira solo, a banda decidiu se separar depois de um ensaio. Simmons se reuniu para uma turnê de despedida em 1982, sob a condição de que este seria realmente o fim do Doobie Brothers. Em seu último show no Greek Theatre, em Berkeley, Califórnia, em 11 de setembro de 1982. Knudsen tornou-se ativo na Vietnam Veterans Aid Foundation. No início de 1987, ele persuadiu os 11 ex-membros do Doobie a se juntarem a ele para um concerto em benefício das causas dos veteranos. 

 

A reunião confirmou a reforma da banda. O seu décimo álbum, Cycles, foi lançado em 17 de maio de 1989 pela Capitol Records. LaKind morreu no dia 24 de dezembro de 1992 com a idade de 47 anos de câncer de cólon terminal. A banda retornou novamente em 1993, Hartman e Porter se retiraram da estrada para sempre. O seu décimo segundo álbum, Sibling Rivalry, foi lançado em 3 de outubro de 2000. Em 26 de outubro de 2004, o Doobie Brothers lançou o álbum ao vivo, Live at Wolf Trap, lançado em 26 de outubro de 2004, e gravado no Wolf Trap National Park em Viena, Virgínia. O álbum apresenta as gravações finais do baterista e vocalista Keith Knudsen, que morreu em fevereiro de 2005. Três meses depois, antes de a banda embarcar em sua turnê de verão de 2010 com Chicago, Hossack foi forçado a ficar de fora após um diagnóstico de câncer. Tony Pia se tornou um membro oficial da banda após a morte de Hossack em 2012. O seu décimo quarto álbum, Southbound, foi lançado em 4 de novembro de 2014. Marc Quiñones ex- percussionista do Allman Brothers entrou na banda em maio de 2018. Em 18 de novembro de 2019, o Doobie Brothers se apresentou no Ryman Auditorium em Nashville. 

 Rockdigital