bill_haley.jpeg
Bill Haley

Willian John Clifton, nasceu em Highland Park, Michigan, no dia 6 de julho de 1925. Foi um músico de rock and roll americano. Em 1929, Haley, de quatro anos, foi submetido a uma operação no ouvido interno da mastóide que cortou acidentalmente um nervo óptico, deixando-o cego do olho esquerdo para o resto da vida. Uma de suas primeiras aparições foi em 1938 para um evento de entretenimento do time de beisebol Bethel Junior, tocando violão e canções quando tinha 13 anos. Por seis anos, Bill Haley foi diretor musical da Radio Station WPWA em Chester, Pensilvânia, e liderou sua própria banda durante todo esse período. Era então conhecido como Bill Haley's Saddlemen. Eles continuaram tocando em clubes e também no rádio na Filadélfia, e em 1951, fizeram suas primeiras gravações na Keystone Records de Ed Wilson, na Filadélfia. O grupo posteriormente assinou com Dave Miller da Holiday Records e, em 14 de junho de 1951, os Saddlemen gravaram um cover do Delta Cats "Rocket 88". Durante o fim de semana do Dia do Trabalho em 1952, os Saddlemen foram renomeados como Bill Haley with Haley's Comets. O nome foi inspirado na pronúncia supostamente oficial do cometa Halley e foi sugerido por Bob Johnson, diretor de programa da estação de rádio WPWA, onde Bill Haley tinha um programa de rádio ao vivo. Em 1953, a gravação de Haley de "Crazy Man, Craz" se tornou a primeira canção de rock and roll a atingir as paradas americanas, chegando ao pico no número 15 na Billboard e o número 11 na Cash Box.

 

Logo depois, o nome da banda foi revisado para Bill Haley & His Comets. Em 1954, Haley gravou "Rock Around the Clock". Inicialmente, foi relativamente bem sucedido, chegando a posição 23 na parada de singles pop da Billboard e permanecendo nas paradas por algumas semanas. No relançamento, o recorde alcançou o topo em 9 de julho de 1955. Haley logo teve outro sucesso mundial com "Shake, Rattle and Roll", outra capa de rhythm and blues neste caso de Big Joe Turner, e foi a primeira música rock 'n' roll a entrar nas paradas de singles britânicas em dezembro de 1954. Haley e sua banda foram importantes no lançamento da música conhecida como Rock and Roll para um público mais amplo, após um período em que foi considerada um gênero underground. Quando "Rock Around the Clock" apareceu como música tema do filme Blackboard Jungle de 1955, subiu ao topo da Billboard por oito semanas. Depois que o disco alcançou o primeiro lugar, Haley se tornou amplamente popular entre aqueles que haviam abraçado o novo estilo de música. Bill Haley & His Comets cantaram "Rock Around the Clock" no Texaco Star Theatre no dia 31 de maio de 1955, na NBC. Essa foi uma das primeiras apresentações transmitidas nacionalmente por uma banda de rock and roll. Bill Haley & His Comets foi o primeiro show de rock and roll a aparecer na icônica série musical americana Ed Sullivan Show no dia 7 de agosto de 1955, na CBS em uma transmissão que se originou do Shakespeare Festival Theatre em Hartford, Connecticut.

 

Haley estrelou Rock Around the ClockDon't Knock the Rock, ambos em 1956, os primeiros filmes musicais de rock and roll. Em 1957, Haley se tornou o primeiro grande cantor de rock americano a fazer uma turnê pela Europa. Haley já tinha 30 anos de idade, e ele logo foi eclipsado nos EUA pelo jovem e mais sexy Elvis Presley, mas continuou a gozar de grande popularidade na América Latina, Europa e Austrália durante os anos 1960. Haley travou uma batalha contra o álcool na década de 1970. No entanto, ele e sua banda continuaram a ser um ato de turnê popular, beneficiando-se de um movimento de nostalgia dos anos 1950 que começou no final dos anos 1960 e da assinatura de um lucrativo contrato de gravação com o selo europeu Sonet. Depois de se apresentar para a Rainha Elizabeth II no Royal Variety Performance em 10 de novembro de 1979, Haley fez suas últimas apresentações na África do Sul em maio e junho de 1980. Antes da turnê sul-africana, ele foi diagnosticado com um tumor cerebral. Ao mesmo tempo, o problema com a bebida de Haley parecia estar piorando. Bill Haley faleceu no dia 9 de fevereiro de 1981, aos 55 anos em sua casa em Harlingen. Ele foi encontrado deitado imóvel em sua cama por um amigo que havia passado para visitá-lo. O amigo imediatamente chamou a polícia e Haley foi declarado morto no local. O seu atestado de óbito constou causas naturais, provavelmente um ataque cardíaco  como sendo a causa. Ele foi incluído no Rock and Roll Hall of Fame em 1987. Em 2017, Haley foi incluído no National Rhythm & Blues Hall of Fame.