guy.jpg
Buddy Guy 


George Guy nasceu em 30 de julho de 1936 em Lettsworth, Louisiana. É um guitarrista e cantor norte-americano de blues e rock. Guy começou a aprender a tocar violão usando um arco diddley de duas cordas que ele fez. Mais tarde, ele recebeu uma guitarra Harmony. Em meados da década de 1950, Guy começou a se apresentar com bandas em Baton Rouge, incluindo Big Papa TilleyRaful Neal. Enquanto morava lá, ele trabalhou como zelador na Louisiana State University. Em 1957, ele gravou duas demos para um DJ local em Baton Rouge pela Ace Records, mas elas não foram lançadas na época. Em 1958, uma competição com os guitarristas do West Side Magic Sam e Otis Rush deu a Guy um contrato de gravação. Logo depois ele gravou para a Cobra Records. Durante as sessões, ele se juntou a Ike Turner, que o ajudou no seu segundo álbum, "You Sure Can't Do" / "This Is The End", apoiando-o na guitarra e compondo o último. Guy assinou com a Chess Records. No início dos anos 1960, a Chess tentou gravar Guy como um artista solo com baladas de R&B, jazz instrumentais, soul e melodias de dança inovadoras, mas nenhuma dessas gravações foi lançada como um single.

 

Em 1965, ele participou da turnê europeia American Folk Blues Festival. Durante sua permanência na Chess, ele gravou sessões com Junior Wells para a Delmark Records sob o pseudônimo de Friendly Chap em 1965 e 1966. O seu primeiro álbum, I Left My Blues in San Francisco, foi lançado em 1967 pela Chess. Ainda em 1967, Guy trabalhava como motorista de guincho enquanto tocava em clubes noturnos. Ele apareceu no palco no Supershow, um documentário em  março de 1969 em Staines, na Inglaterra, com vários artistas e bandas. Em 1972, ele fundou o The Checkerboard Loung, um clube de blues no South Side de Chicago, Illinois, com o sócio LC Thurman. A carreira de Guy foi revivida durante o renascimento do blues no final dos anos 1980 e início dos anos 1990. Seu ressurgimento foi provocado pelo pedido de Eric Clapton para que Guy fizesse parte da formação de guitarras all-star de blues de 24 noites no Royal Albert Hall de Londres. 

 

Guy posteriormente assinou com a Silvertone Records e gravou seu álbum de sucesso, Damn Right, I've Got the Blues, em 1991, e alcançou a posição 136 na Billboard 200, e ganhou seu primeiro Grammy Awards na carreira na categoria de Melhor Álbum de Blues Contemporâneo. Em 20 de setembro de 1996, Guy foi incluído no Hollywood Rockwalk do Guitar Center. Guy foi incluído no Rock and Roll Hall of Fame no dia 14 de março de 2005, por Eric Clapton e B.B. KingGuy teve um pequeno papel no filme policial In the Electric Mist em 2009. Guy foi homenageado na Recording Academy e recebeu o Lifetime Achievement Award em 2015. O álbum, Born to Play Guitar, lançado em 2016, ganhou um Grammy Awards na categoria de Melhor Álbum de Blues. O seu décimo oitavo álbum, The Blues Is Alive and Well, foi lançado em 15 de junho de 2018 pela RCA / Silvertone Records. O álbum ganhou o Grammy Awards na categoria de Melhor Álbum de Blues Tradicional. Em 2019, Guy se apresentou com frequência em seu clube de blues em Chicago, a Buddy Guy's Legends