Dokken

É uma banda americana de heavy metal e hard rock. Don Dokken formou a banda Airborn em 1976. Eles tocaram em clubes de Los Angeles. A banda incluía Bobby Blotzer na bateria e Juan Croucier no baixo, mas eles deixaram a banda em 1978 para formar a banda FireFoxx. Don não pôde manter o nome de Airborn porque outra banda já havia adquirido um contrato de gravação com esse nome. O baterista Greg Pecka e o baixista Steven R. Barry foram contratados, e a banda mudou o seu nome para Dokken. A banda gravou o single, "Hard Rock Woman" que foi lançado em 1979. A banda percorreu a Alemanha em 1979, e rapidamente se separou com Leon assumindo o lugar de Randy Rhoads no Quiet Riot, e Holland também saindo. Uma gravação de Hamburgo de 1979 surgiu em 1989 sob o título Back in the Streets, lançado pela  gravadora alemã Repertoire Records sem o consentimento da banda. No início de 1981, Don voltou para a Alemanha, e depois de gravar várias demos, a banda assinou com a Carrere Records. O álbum, Breaking the Chains, foi inicialmente lançado por Don Dokken antes de ser alterado para Dokken. Nesse período, Don fez os vocais no álbum Blackout do Scorpions, devido Klaus Meine ter feito cirurgia nas cordas vocais. De volta aos Estados Unidos, o Dokken assinou contrato com a Elektra Records para uma liberação do álbum.

 

O seu primeiro álbum, Breaking The Chains, foi remixado para o mercado americano, e lançado em 18 de setembro de 1983. Juan Croucier deixou o Dokken para se juntar ao Ratt. Ele foi substituído por Jeff Pilson. O seu segundo álbum, Tooth and Nail foi lançado em 13 de setembro de 1984. O álbum alcançou a posição 49 na Billboard 200. A banda fez uma turnê bem sucedida com o Scorpions, e voltou ao estúdio em 1986 para gravar "Dream Warriors", uma música para a trilha sonora do filme A Nightmare em Elm Street 3: Dream Warriors. A música foi lançada como single em 10 de fevereiro de 1987. O seu quarto álbum, Back for the Attack, foi lançado em 27 de novembro de 1987, e alcançou a posição 13 na Billboard 200. O Dokken se separou em março de 1989, devido a diferenças criativas e pessoais entre Don Dokken e George Lynch. Depois de Don lançar o seu primeiro álbum solo, Up from the Ashes em 1990, ele gravou outro álbum, Dysfunctional em 1993. A banda se reuniu em 1994, e assinou contrato com a Columbia Records, e Don sugeriu que George Lynch fosse trazido de volta para a banda para que o álbum pudesse ser comercializado como o quinto álbum do Dokken, lançado em 23 de maio de 1995. Durante a turnê de suporte do álbum, as velhas tensões entre George e Don ressurgiram.

 

A gravadora foi forçada a transmitir a fita de ensaio que havia sido registrada anteriormente e, quatro dias depois, o rótulo descartou a banda. O seu sexto álbum, Shadowlife foi lançado em 15 de abril de 1997. No final do ano, Lynch deixou a banda, e o Dokken contratou o guitarrista John Norum da banda Europe, para terminar a sua turnê. Após a turnê europeia, Norum saiu e a banda contratou o guitarrista Reb Beach. Em 2000, Beach sai da banda e Norum retorna. O baixista Jeff Pilson também deixou a banda, sendo substituído por Barry Sparks. Na primavera de 2003, o Dokken embarcou em uma extensa turnê pelos EUA, abrindo para o Scorpions e Whitesnake. A banda assinou um contrato com a Frontiers Records em 22 de novembro de 2011. O seu décimo primeiro álbum, Broken Bones, foi lançado na Europa em 21 de setembro de 2012 e nos EUA em 25 de setembro de 2012. Don Dokken se reuniu com George Lynch, Mick Brown e Jeff Pilson para realizar vários shows no Japão no final de outubro de 2016 e um show nos EUA no final de setembro. O guitarrista Ira Black substituiu Jon Levin na segunda metade da turnê da banda em 2017. Em julho de 2019, foi anunciado que o baterista Mick Brown havia se aposentado oficialmente do Dokken após 40 anos na banda. Seu lugar foi ocupado por BJ Zampa.

 Rockdigital