Scorpions

 

É uma banda alemã de rock. Em 1965, o guitarrista Rudolf Schenker começou a procurar músicos para sua banda e um ano após a criação do grupo, ele deu o nome de Scorpions, porque ajudaria o grupo a ser reconhecido no mundo. Entre 1965 e 1967, a banda realizava shows no norte da Alemanha tocando covers e logo em seguida, o Scorpions começou a criar suas próprias composições, e ao contrário de outros grupos do seu país, suas letras são totalmente em inglês, porque era a única maneira de se tornarem conhecidos na Europa Ocidental. Em 1969 o irmão mais novo de Rudolf, Michael Schenker entrou na banda. Em 1971, a banda gravou três músicas que foram lançadas apenas na Alemanha com uma pequena recepção positiva. O seu primeiro álbum, Lonesome Crow, foi lançado em agosto de 1972. Com este álbum, a banda entrou em turnê em algumas cidades na Alemanha Ocidental, abrindo shows para o Uriah Heep e Rory Gallagher. Durante essa turnê, a banda também abriu shows do UFO, na qual Michael foi convidado para substituir o guitarrista Mick Bolton. A saída do Michael fez a banda se dissolver por um tempo. Em 1973, Rudolf e Meine, os únicos remanescentes do Scorpions, entram na banda Dawn Road, para trabalhar com Uli Jon Roth. Apesar de ter mais membros do Dawn Road, eles decidiram continuar usando o nome Scorpions por ser mais conhecido no cenário musical alemão. Eles fizeram sua primeira turnê europeia, como banda de apoio da banda Sweet em 1973. 

 

A banda assinou um contrato com a RCA Records. O seu segundo álbum, Fly to the Rainbow, foi lançado em novembro 1974. Este álbum contem seu primeiro hit, "Speedy's Coming". Em 1975, a banda tocou no Cavern Club em Liverpool, onde foi a sua primeira apresentação da turnê no Reino Unido. Uli Jon Roth deixa o Scorpions. e Rudolf decidiu chamar o guitarrista Matthias Jabs, e participa das gravações do sexto álbum, Lovedrive, lançado em fevereiro de 1979. O álbum alcança a posição 55 na Billboard 200, se tornando o álbum mais bem sucedido da banda em todo o mundo. Michael Schenker participou como guitarrista principal em três das oito músicas. Novamente, ele saiu para formar a sua própria banda, a Michael Schenker Group em 1980. A primeira apresentação do Scorpions nos Estados Unidos foi num festival na cidade de Cleveland, Ohio. Depois, a banda abriu shows para o AC/DC e Ted Nugent. O Scorpions participa do primeiro festival Monsters of Rock, realizado no Reino Unido. Durante a gravação do oitavo  álbum, Blackout, o vocalista Klaus Meine, teve problemas em suas cordas vocais, fez tratamento e ficou recuperado, voltando a tempo para a gravação do álbum que foi lançado em março de 1982. O álbum ficou na posição 10 na Billboard 200. O single "No One Like You" ficou no topo na Hot Mainstream Rock Tracks, tornando-se o primeiro e único single da banda a alcançar tal posição. O nono álbum, Love at First Sting, lançado em março de 1984, alcançou a posição 6 na Billboard 200.

 

Em 1985, o Scorpions visita pela primeira vez o Brasil e participa da primeira edição do festival Rock in Rio. A banda visita a União Soviética em 1989, sendo o primeiro grupo na história do rock a entrar neste país, ainda dominado pelo regime comunista. O décimo primeiro álbum, Crazy World, foi lançado em novembro de 1990. Neste álbum, inclui a canção "Wind of Change", que ficou em primeiro lugar em onze países. O líder soviético na época, Mikhail Gorbachev, convidou a banda para tocar a canção "Wind of Change" na praça do Kremlin, sendo um evento único na história da ex-URSS e também da história do rock. O Scorpions tocou novamente a canção no Portão de Brandenburgo na Alemanha no dia 9 de novembro de 1999, durante o 10º aniversário da Queda do Muro de Berlim. Durante a turnê do seu décimo terceiro álbum Pure Instinct, a banda se tornou o primeiro grupo internacional a tocar em Beirute, no Líbano. O baterista americano James Kottak é contratado, tornando-se o primeiro não-alemão a entrar na banda. O projeto do Scorpions com a Orquestra Filarmônica de Berlim deu origem ao álbum de compilação, Moment of Glory, lançado em agosto de 2000. Em 2006, a banda foi convidada a participar no Festival Wacken Open Air, num evento que reuniu os antigos membros da banda, Uli Jon Roth, Michael Schenker e Herman Rarebell. O seu décimo oitavo álbum, Return to Forever, que foi lançado em 20 de fevereiro de 2015, para coincidir com o 50º aniversário da banda. O baterista James Kottak saiu da banda e foi substituído em 2016 pelo ex-baterista do Motörhead, Mikkey Dee.

 Rockdigital