Jon Anderson

 

Jon Anderson nasceu em Accrington,  Lancashire na Inglaterra no dia 25 de outubro de 1944. É um cantor, músico multi-instrumentista, compositor e poeta britânico. Anderson fundou o grupo de rock progressivo Yes em 1968 juntamente com o baixista Chris Squire. Em 1979, jon saiu alegando que a banda estava sendo pressionada pela gravadora a produzir músicas de sucesso. Jon foi substituído por  por Trevor Horn ex-The Buggles. Jon gravou seu segundo álbum solo, Song of Seven, e depois se juntou ao músico grego Vangelis, que tinha conhecido em 1974 nas audições para o álbum Relayer do Yes. A dupla gravou 3 álbuns durante o curto período de 4 anos, tempo suficiente para que Jon lançasse também seu terceiro álbum solo, Animation. Logo depois do lançamento do terceiro álbum da dupla, Jon envolveu-se novamente com o Yes no álbum 90125. Em 1983, a banda ressurgira, após pouco mais de um ano de recesso com o lançamento do álbum Drama. O novo guitarrista e vocalista Trevor Rabin, dividiu os vocais com Jon, e o primeiro tecladista, Tony Kaye, retornou. Em 1985, Jon lançou seu quarto álbum, 3 Ships. Após o lançamento do álbum Big Generator do Yes, em 1987, Jon resolveu se dedicar mais à sua carreira solo e deixou a banda novamente. O seu quinto álbum, In The City of Angels foi lançado em 1988. Jon se reuniu com seus antigos ex-companheiros do Yes Bill Bruford, Rick Wakeman e Steve Howe e formaram a Anderson Bruford Wakeman Howe ou ABWH.

 

Por motivos legais, a banda foi impedida de adotar o nome Yes que pertencia a Jon Anderson, Chris Squire e Alan White na época, sendo que os dois últimos ainda o utilizavam juntamente a Kaye e Rabin. Gravaram um álbum lançado em 1989, e no ano seguinte, um segundo álbum já estava sendo preparado, quando a gravadora Arista que na época gravava com os dois grupos sugeriu uma união. O ABWH se fundiu com o Yes que foi reformulado em 1991 e os integrantes entraram no estúdio e gravaram o álbum Union. Em 1992, os três membros, Bruford, Rick Wakeman e Howe partiram, o que deixou o Yes com exatamente a mesma formação dos anos 80. Em 1994, Jon lançou os álbuns solo, Deseo e Change We Must. Logo após, em 1995, Kaye e Rabin também partiram. Rick Wakeman e Steve Howe concordaram em voltar para a banda e em 1997, Rick Wakeman mais uma vez sai da banda e Billy Sherwood assume seu lugar oficialmente, mesmo ano em que Jon aproveitou para lançar mais dois álbuns, The Mother Ring e Earth, Mother Earth. Jon lançou outro álbum solo, The More You Know, em 1998 e em 2000, gravaram Magnification, sem nenhum tecladista. Essa foi a primeira vez que o Yes se viu reduzido a 4 membros. A banda embarcou em 2003, numa turnê especial que comemorava os 35 anos da banda, fazendo com que Rick Wakeman voltasse mais uma vez. Terminada a turnê comemorativa, o grupo fez uma pausa em suas atividades, quando o grupo de fato, se dissolveu.

 

Os membros aproveitaram esse tempo para lançar trabalhos solo, enquanto Jon aproveitou para fazer a sua turnê solo Tour of the Universe em 2004. Em 2006, ele formou uma parceria com seu colega de longos anos Rick Wakeman, na qual apresentavam material solo e também do Yes. Com a chegada de 2008, o Yes se reuniu, e Rick Wakeman foi substituído por seu filho Oliver numa turnê comemorativa dos 40 anos de existência da banda. Dois meses depois do início da Close to the Edge and Back Tour, Anderson estava com sua saúde mais frágil, teve uma crise de asma e teve que ser hospitalizado. Ele pediu à banda que desse um tempo com as apresentações, que seriam retomadas quando ele estivesse melhor. A turnê foi então cancelada, até que Chris Squire convidou o vocalista Benoît David, de uma banda cover canadense do Yes. O nome da turnê foi alterado para In The Present Tour. O Yes continuou com a turnê, passando pelo Brasil em 2010, para finalmente lançar o álbum, Fly from Here em 2011. Jon se recuperou, apesar de ter ficado com leves sequelas, ele ainda estava apto a cantar e tocar. Em 2009, já bem de saúde, Jon fez diversas apresentações, principalmente na Europa e nos EUA, como artista solo e com Rick Wakeman, dando continuação ao projeto Anderson/Wakeman de alguns anos anteriores. Em 2010 os dois gravaram um álbum de canções acústicas. Ainda nesse mesmo ano, ele lançou seu trabalho solo mais recente, Survival & Other Stories. Quanto ao Yes, Jon foi literalmente substituído. Jon Anderson continua se apresentando ao redor do mundo.

 Rockdigital