Lou Reed

 

Lewis Allan Reed, nasceu no Brooklyn, Nova Iorque, no dia 2 de março de 1942, foi um cantor, guitarrista e compositor norte-americano. A primeira gravação de Reed foi como membro de um grupo, foi com o The Jades, um grupo de doo-wop em 1958. Em 1961, Reed começou a apresentar um programa de rádio noturno Excursions on a Wobbly Rail na WAER. Em 1964, Reed se mudou para Nova York para trabalhar como compositor interno para a Pickwick Records. Reed e John Cale que moraram juntos, convidaram o guitarrista Sterling Morrison e o baterista Angus MacLise, para se juntarem à banda, formando assim o Velvet Underground. MacLise logo foi substituído na bateria por Moe Tucker. Reed foi o cantor e compositor principal da banda. Reed deixou o Velvet em agosto de 1970. A banda se desintegrou depois que Morrison e Tucker saíram em 1971. Reed assinou um contrato de gravação com a RCA Records e gravou seu primeiro álbum solo no Morgan Studios em Willesden, Londres. O seu primeiro álbum solo, Lou Reed, foi lançado em abril de 1972. O seu segundo álbum, Transformer, foi lançado em 8 de novembro de 1972. O single "Walk on the Wild Side" do álbum, foi a única entrada de Reed na parada de singles da Billboard Hot 100, no número 16. O seu terceiro álbum, Berlim, foi lançado em julho de 1973. 

 

O seu primeiro álbum ao vivo, Rock 'n' Roll Animal, foi lançado em fevereiro de 1974. O álbum alcançou a posição 45 na Billboard 200 por 28 semanas e logo se tornou o álbum mais vendido de Reed. O seu oitavo álbum solo, Street Hassle, foi lançado em fevereiro de 1978, e foi lançado no meio da cena punk rock que ele ajudou a inspirar. Ao longo da década de 1970, Reed foi um usuário de metanfetamina e álcool. Por volta de 1979, ele começou a se livrar das drogas. O seu décimo terceiro álbum, New Sensations, foi lançado em abril de 1984, e marcou a primeira vez que Reed esteve no Top 100 dos EUA desde 1978. Reed e John Cale se reencontraram no funeral de Andy Warhol em 1987. Eles trabalharam juntos no álbum Songs for Drella, lançado em abril de 1990. No mesmo ano, a primeira formação do Velvet Underground foi reformada para um show beneficente da Fondation Cartier na França. Em junho e julho de 1993, o Velvet novamente se reuniu e viajou pela Europa, incluindo uma aparição no Festival de Glastonbury. Os planos para uma turnê na América do Norte foram cancelados após uma disputa entre Reed e Cale. Em 1996, o Velvet Underground foi induzido no Rock and Roll Hall of Fame. O seu décimo oitavo álbum solo, Ecstasy, foi lançado em abril de 2000. Em maio, Reed se apresentou perante o Papa João Paulo II no Grande Concerto do Jubileu em Roma.

 

O seu vigésimo álbum solo, Hudson River Wind Meditations, foi lançado em abril de 2007, foi um álbum de música ambiente de meditação. Reed tocou "Sweet Jane" e "White Light / White Heat" com o Metallica no Madison Square Garden durante a celebração do vigésimo quinto aniversário do Rock and Roll Hall of Fame no dia 30 de outubro de 2009. O Metallica e Reed lançaram o álbum de colaboração Lulu, em outubro de 2011. O álbum estreou na posição 36 na Billboard 200. Em 2012, Reed colaborou na canção "The Wanderlust", a décima faixa do quinto álbum de estúdio, Synthetica da banda Metric de indie rock. Essa foi a última composição original em que ele trabalhou. Reed sofria de hepatite e diabetes há vários anos. Ele foi tratado com interferon, mas desenvolveu câncer de fígado. Em maio de 2013, ele foi submetido a um transplante de fígado na Cleveland Clinic. No dia 27 de outubro de 2013, Lou Reed morreu de doença hepática em sua casa em East Hampton, Nova York, aos 71 anos. Reed foi induzido no Rock and Roll Hall of Fame como um artista solo por Patti Smith em uma cerimônia em Cleveland em 18 de abril de 2015. O asteroide 270553 Loureed, descoberto por Maik Meyer no Observatório Palomar em 2002, foi nomeado em sua homenagem.

 Rockdigital