Pretenders

É uma banda de rock anglo-americana. Chrissie Hynde já havia participado das bandas Jack Rabbit, nos Estados Unidos e Gallie, na França. Ela se mudou para a Inglaterra em 1973, trabalhando no jornal semanal de música NME e na loja de roupas de Malcolm McLaren e Vivienne Westwood. Em 1978, Dave Hill da Anchor Records, ouviu algumas demos de Hynde, e organizou um estúdio de ensaio onde uma banda composta por Hynde, Mal Hart no baixo e Phil Taylor do Motörhead na bateria tocaram uma seleção das músicas originais de Hynde, e ela formou uma banda composta por Pete Farndon no baixo, James Honeyman-Scott na guitarra e Gerry Mcilduff na bateria. Esta banda, então sem nome, gravou cinco faixas no Regents Park Studio em julho de 1978. Pouco tempo depois, Gerry Mcilduff foi substituído na bateria por Martin Chambers. Hynde nomeou a banda The Pretenders da música "The Great Pretender" do The Platters. Eles participaram do concerto beneficente para os refugiados do Camboja em 1979, e possui três faixas no álbum Concerts for People of Kampuchea. O seu primeiro álbum, Pretenders, foi lançado em 1979 e chegou no topo na UK Albums Chart. O seu segundo álbum, Pretenders II, foi lançado em 15 de agosto de 1981, alcançando a posição 7 na UK Albums Chart

 

O baixista Pete Farndon foi demitido da banda por abuso de drogas em 14 de junho de 1982. Dois dias depois, em 16 de junho de 1982, James Honeyman-Scott morreu de insuficiência cardíaca como resultado de intolerância a cocaína. Farndon foi encontrado morto no dia 14 de abril de 1983 por sua esposa. Em Fevereiro de 1983, Hynde acrescentou o ex-guitarrista Robbie McIntosh e o baixista Malcolm Foster. A banda reconstituída lançou o single "2000 Miles" em tempo para o Natal. A banda lançou o seu terceiro álbum, Learning to Crawl, foi lançado em 11 de janeiro de 1984. O single "Back on the Chain Gang" alcançou a posição 5 na Billboard Hot 100. O Pretenders se apresentou no Live Aid no John F. Kennedy Stadium, Philadelphia USA no dia 13 de julho de 1985. O seu quarto álbum, Get Close, foi lançado em 1986. O single "Don't Get Me Wrong" se tornou o segundo hit do Top 10 da banda na Billboard Hot 100, alcançando a posição 10. O seu quinto álbum, Packed!, foi lançado em 14 de maio de 1990. O seu quinto álbum, Packed!, foi lançado em 14 de maio de 1990. Em 1993, o Pretenders perdeu vários integrantes que foram contratados por Paul McCartney em sua Off The Ground Tour. O seu sexto álbum, Last of the Independents, foi lançado em maio de 1994. O álbum foi gravado por Hynde e pelo guitarrista Adam Seymour em conjunto com uma série rotativa de músicos no baixo e na bateria. 

 

O álbum retornou o Pretenders ao Top 40 com o single "I'll Stand by You.", que alcançou a posição 16 na Billboard Hot 100 e a posição 10 na UK Singles Chart. No outono de 1995, o Pretenders lançou o álbum ao vivo Isle of View, e permaneceu em hiato por alguns anos. Hynde finalmente retornou com o seu sétimo álbum, ¡Viva El Amor!, lançado em 16 de maio de 1999. Em 10 de abril de 1999, Hynde liderou o show memorial Here, There and Everywhere - A Concert for Linda para sua falecida amiga Linda McCartney no Royal Albert Hall, em Londres. O seu oitavo álbum, Loose Screw, foi lançado em 12 de novembro de 2002, com Chrissie Hynde, Martin Chambers, Andy Hobson e Adam Seymour. Em março de 2005, o Pretenders foi induzido no Rock and Roll Hall da Fame. Durante o ano, o baixista Hobson saiu e foi substituído por Nick Wilkinson, marcando a primeira mudança de formação da banda em treze anos. Em 2007, o guitarrista Seymour saiu e foi substituído por James Walbourne. O seu nono álbum, Break Up the Concrete, foi lançado em 7 de outubro de 2008. O seu décimo álbum, Alone, foi lançado em 21 de outubro de 2016, pela BMG Rights Management. Hynde é o único membro da banda a aparecer no álbum, com a banda de apoio composta por músicos de sessão. 

 Rockdigital