Seether

É uma banda de post-grunge sul-africana. Em 1999, na cidade da Pretória, Shaun Morgan, Thomas Morris e David Cohoe resolveram se unir e montar uma banda de Rock. Em 2000, já com certa popularidade local, eles conseguiram gravar seu primeiro álbum, Fragile. Na época, a banda usava o nome Saron Gás. O sucesso em seu país foi imediato, e assinaram um contrato com a gravadora americana, Wind-Up Records. Já havia uma banda registrada com o nome de Saron Gas, e os integrantes resolveram homenagear a banda Veruca Salt, usando o nome de seu maior hit, "Seether". Após alguns meses, o baixista Thomas Morris, decidiu sair da banda, sendo substituído por Dale Stewart. O seu seu primeiro álbum oficial, Disclaimer, foi lançado em 20 de agosto de 2002. O grande sucesso do álbum foi a música "Broken". O álbum alcançou a posição 92 na Billboard 200. Em 2002, o baterista David Cohoe foi substituído por Josh Freese, e logo depois por John Johnston e finalmente por Nick Oshiro. Foi também o ano que a banda adicionou mais um guitarrista, Pat Callahan. Após dois anos sem lançar nada, o Seether regravou as canções do álbum, Disclaimer, e lançou o seu segundo álbum, Disclaimer II, lançado em 15 de junho de 2004.

 

É uma recompilação do primeiro álbum da banda, e a música "Broken" teve a participação de Amy Lee, vocalista do Evanescence e na época, a namorada de Shaun Morgan. O álbum alcançou a posição 56 na Billboard 200. O Seether saiu em turnê mundial com o Evanescence. Shaun e Amy, gravaram uma versão um pouco mais pesada, para a trilha sonora do filme The Punisher. A música foi um grande sucesso no mundo todo, o que rendeu muita popularidade para o Seether. O álbum também marcou a presença de um novo baterista, Kevin Soffera, no lugar de Oshiro. O single "Broken", atingiu o número 20 na Billboard Hot 100. O seu segundo álbum, Karma and Effect, foi lançado em maio de 2005. Originalmente intitulado Catering to Cowards, o nome foi alterado a pedido da gravadora. O single "Remedy" alcançou o número 1 no Mainstream Rock Charts dos EUA, o primeiro hit número 1 de Seether. Em 16 de Junho de 2006, foi anunciado no site oficial da banda, a saída do guitarrista Pat Callahan. Em Agosto de 2006, Shaun resolveu parar com a turnê que faziam ao lado do Three Days Grace e do Staind para se internar em uma clínica de reabilitação a fim de tentar se livrar dos vícios de álcool e cocaína.

 

O seu quarto álbum, Finding Beauty in Negative Spaces, foi lançado em 23 de outubro de 2007. Programado para ser lançado em agosto, o álbum foi adiado devido ao suicídio do irmão de Morgan, Eugene Welgemoed. A banda ganhou o seu primeiro MTV Africa Music Award na categoria de Melhor Artista Alternativo. O Seether apoiou o Nickelback em sua turnê do álbum Dark Horse em março e abril de 2009. O seu quinto álbum da banda, Holding Onto Strings Better Left to Fray, foi lançado em 17 de maio de 2011, e estreou no segundo lugar na Billboard 200. A banda apoiou o 3 Doors Down em sua turnê européia de novembro a março. O seu sexto álbum, Isole e Medicate, foi lançado em 1 de julho de 2014. É o primeiro álbum da banda  a ser lançado em um LP de vinil. O álbum alcançou o quarto lugar na Billboard 200. O seu sétimo álbum, Poison the Parish, foi lançado em 12 de maio de 2017. É o primeiro álbum da banda a apresentar um novo logotipo da banda na capa. O  álbum alcançou a posição 14 na Billboard 200. A banda então apoiou o Nickelback na turnê européia e britânica. Em 20 de maio de 2018, a banda tocou em sua cidade natal, Joanesburgo, pela primeira vez em seis anos.

 Rockdigital