dolby.jpg
Thomas Dolby


Thomas Morgan Robertson nasceu em Londres no dia 14 de outubro de 1958, é um músico, produtor e inventor inglês. O nome artístico Thomas Dolby originou-se de um apelido que pegou no início de 1970, quando ele brincava com teclados e fitas. Seus amigos o apelidaram de "Dolby", a partir do nome do processo Dolby utilizado para gravação e reprodução de áudio. Robertson decidiu adotar o nome artístico "Thomas Dolby". A sessão mais significativa para Dolby no inicio de sua carreira foi quando ele contribuiu com o sintetizador na faixa "Urgent" do Foreigner em 1981 no álbum 4. O lucro nesse trabalho, incluindo as datas de shows, financiou o tempo de estúdio para a gravação do seu primeiro álbum. Em 1985, Dolby participou do Concerto Live Aid em Londres como parte da banda de David Bowie. O seu primeiro álbum, The Golden Age of Wireless, foi lançado em 13 de maio de 1982. O EP Blinded by Science, de canções do primeiro álbum. Foi lançado em 1983. Quatro das gravações haviam sido lançadas como dois singles remixados separados no Reino Unido, com destaque ao single "She Blinded Me With Science", que alcançou a quinta posição na Billboard Hot 100. A Dolby Laboratories expressou preocupação com o nome do músico. Depois de uma longa batalha legal, o tribunal decidiu que a Dolby Labs não tinha o direito de restringir o músico de usar o nome. 

 

O seu segundo álbum, The Flat Earth, foi lançado em fevereiro de 1984, que alcançou a posição 14 na UK Albums Chart e na posição 35 na Billboard 200. "Hyperactive!", Originalmente escrito para Michael Jackson, foi o primeiro e mais bem sucedido single do álbum, chegando a posição 17 na UK Singles Chart, tornando-se a canção de Dolby mais bem sucedida única em seu país de origem. O seu terceiro álbum, Aliens Ate My Buick, foi lançado em 13 de abril de 1988. O álbum alcançou a posição 30 na UK Albums Chart. Em 1990, ele apareceu com Roger Waters num show de caridade do Pink Floyd do álbum The Wall em Berlim. Dolby, em traje de professor tocou um solo de teclado na canção "Another Brick in the Wall (Part 2)" cantada por Cyndi Lauper e depois repetiu o papel no fechamento. O seu quarto álbum de estúdio, Astronauts & Heretics, foi lançado em 3 mde novembro de 1992. Foi o seu último álbum a ser lançado em vinil, e alcançou a posição 35 na UK Albums Chart. O seu quinto álbum, A Map of the Floating City, foi lançado em 24 de outubro de 2011. Depois de seu envolvimento com a Beatnik Inc., sua empresa que integra música e som em sites da Web, Dolby retornou à sua carreira musical em 2006. Ele realizou a sua primeira apresentação solo depois de 15 anos no Salão Red Devil em San Francisco, Califórnia, no dia 21 de Janeiro de 2006, surpreendendo a multidão que estava lá para ver a banda Notorious.

 

Dolby lançou uma turnê americana, a Sole Inhabitant Tour, em 12 de abril. Um show no Scala Club em Londres, foi agendado para 3 de julho de 2006 como um aquecimento para a abertura do Depeche Mode no Hyde Park. A apresentação de Thomas Dolby em 15 de março de 2007 no Festival SxSW foi lançada como o EP ao vivo, Thomas Dolby & The Jazz Mafia Horns, Live at SxSW, através do iTunes e na CD Baby. Em 2010, Dolby começou a trabalhar em um novo álbum de estúdio. O álbum é dividido em três partes. O primeiro EP, Amerikana, foi lançado digitalmente em 16 de junho de 2010. O segundo EP, Oceanea, foi lançado em 29 de novembro de 2010, e foi comercialmente lançado em 28 de março de 2011. A terceira seção do o álbum, Urbanoia, não foi lançado como um download ou CD físico. Em junho de 2011, Dolby anunciou o jogo Map of the Floating City, um jogo online multiplayer que divide o título com o lançamento do álbum. O seu quinto álbum, A Map of the Floating City, foi lançado em 24 de outubro de 2011.  O álbum foi gravado no estúdio de Dolby construído dentro de um barco salva-vidas de 1930, que está localizado no seu jardim da casa de praia na costa do Mar do Norte da Inglaterra.