Big Mama Thornton

Willie Mae Thornton nasceu no dia 11 de dezembro de 1926 na cidade de Ariton, Alabama, EUA.  Foi uma cantora e compositor americana de rhythm-and-blues. A certidão de nascimento de Willie Mae afirma que ela nasceu em Ariton, Alabama, mas em uma entrevista com Chris Strachwitz, ela afirmou que Montgomery, Alabama, era seu local de nascimento, provavelmente porque Montgomery era mais conhecido do que Ariton. Ela foi apresentada à música em uma igreja batista, onde seu pai era ministro e sua mãe cantora. Ela e seus seis irmãos começaram a cantar desde cedo. Sua mãe morreu jovem e Willie Mae deixou a escola e conseguiu um emprego lavando e limpando escarradeiras em uma taverna local. Em 1940 ela saiu de casa e, com a ajuda de Diamond Teeth Mary, se juntou ao Hot Harlem Revue de Sammy Green e logo foi considerada a Nova Bessie Smith. Willie Mae se mudou para Houston em 1948. Um novo tipo de blues popular estava saindo dos clubes do Texas e de Los Angeles. Em 1951 ela assinou um contrato de gravação com a Peacock Records e se apresentou no Apollo Theatre em 1952. Ela recebeu o apelido de Big Mama, de Frank Schiffman, o gerente do Apollo Theatre do Harlem, por causa de sua voz forte, tamanho e personalidade. No mesmo ano, ela gravou o single "Hound Dog", gravado em 13 de agosto de 1952, em Los Angeles e lançado pela Peacock Records no final de fevereiro de 1953. O single alcançou o topo na Billboard Hot 100 e na Billboard Rhythm and Blues.

 

Embora o álbum tenha feito de Big Mama uma estrela, ela viu poucos lucros. No dia de Natal de 1954, em um teatro em Houston, Texas, ela testemunhou seu colega performer Johnny Ace, também contratado pelas gravadoras Duke e Peacock, acidentalmente atirar e se matar enquanto tocava com uma pistola 22. O sucesso de Big Mama com "Hound Dog" foi seguido três anos depois por Elvis Presley. Da mesma forma, Big Mama gravou originalmente sua música "Ball 'n' Chain" para a Bay-Tone Records no início dos anos 1960, e embora a gravadora tenha optado por não lançar a música, eles mantiveram os direitos autorais, e Big Mama perdeu os royalties de publicação quando Janis Joplin gravou a música no final da década. Em uma entrevista em 1972, Big Mama reconheceu ter dado a Joplin permissão para gravar a música e receber o pagamento de royalties de suas vendas. Como sua carreira começou a enfraquecer no final dos anos 1950 e início dos anos 1960, ela deixou Houston e se mudou para a área da Baía de São Francisco, tocando em clubes em São Francisco e LA e gravando para uma sucessão de gravadoras, como a Arhoolie Records, de Berkeley. Em 1965, ela fez uma turnê com o American Folk Blues Festival na Europa. Enquanto na Inglaterra naquele ano, ela gravou o seu primeiro álbum, Big Mama Thornton - In Europe, lançado em 1965 pela Arhoolie Records. O seu segundo álbum, Big Mama Thornton with the Muddy Water Blues Band, foi lançado em 1966 pela Arhoolie Records. Ela se apresentou no Monterey Jazz Festival em 1966 e 1968. Seu último trabalho pela Arhoolie, foi o single "Ball n 'Chain", que foi lançado em 1968.

 

A performance de "Ball 'n' Chain" com Janis Joplin e a Big Brother and the Holding Company's no Monterey Pop Festival em 1967 e o lançamento da canção em seu primeiro álbum, Cheap Thrills, renovaram o interesse pela carreira de Big Mama. Em 1969, ela assinou com a Mercury Records, que lançou seu álbum de maior sucesso, o seu terceiro álbum, Stronger Than Dirt, que alcançou a posição 198 na Billboard 200. Ela assinou um contrato com a Backbeat Records. Em 1972, ela foi convidado a voltar à digressão do American Folk Blues Festival pela Europa. A turnê começou em 2 de março, e levou Big Mama à Alemanha, França, Suíça, Áustria, Itália, Holanda, Dinamarca, Noruega, Finlândia e Suécia, e terminou no dia 27 de março em Estocolmo. Ela sempre quis gravar um disco gospel, e com o seu sexto álbum, Saved, que foi lançado em 1973. Na década de 1970, anos de bebedeira começaram a prejudicar a sua saúde. Ela sofreu um grave acidente de carro, mas se recuperou para se apresentar no Newport Jazz Festival de 1973. Uma gravação desta apresentação, The Blues - A Real Summit Meeting, foi lançada pela Buddha Records. Os seus últimos álbuns, Jail, e Sassy Mama, foram lançado em 1975 pela Vanguard Records. O álbum registrou suas apresentações durante concertos de meados da década de 1970 em duas prisões no noroeste dos EUA. Ela se apresentou no San Francisco Blues Festival em 1979 e o Newport Jazz Festival em 1980. Big Mama Thornton foi encontrada morta aos 57 anos por uma equipe médica em uma pensão em Los Angeles no dia 25 de julho de 1984. Ela morreu de problemas cardíacos e hepáticos devido ao abuso de álcool de longa data. 

 Rockdigital