Chubby Checker


Ernest Evans nasceu em Spring Gulley na Carolina do Sul no dia 3 de outubro de 1941. É um cantor-compositor norte-americano. Ele foi criado, durante sua infância, nos conjuntos habitacionais de South Philadelphia, na Pensilvânia, onde viveu com seus pais e seus dois irmãos. Com oito anos de idade, Evans formou um grupo harmônico que se apresentava nas ruas, e ao entrar na high school já havia aprendido a tocar o piano, bem como entreter seus colegas de classe como imitações de cantores populares da época, como Jerry Lee Lewis, Elvis Presley e Fats Domino. Após concluir a escola, Evans passou a entreter, com canções e piadas, os clientes em seus diversos empregos, vendendo produtos agrícolas em lojas e mercados da cidade. E teria sido seu chefe num destes empregos no Produce Market, Tony A., que lhe deu o apelido de "Chubby" (Gorducho). Henry Colt, proprietário do seu outro emprego, na Fresh Farm Poultry, teria ficado tão impressionado com a performance de Ernest que, juntamente com seu colega e amigo Karl Mann, compositor que trabalhava para a Cameo-Parkway Records, conseguiram que o jovem Chubby fizesse uma gravação privada com Dick Clark, apresentador do programa de TV American Bandstand. Foi nesta sessão de gravação que Evans adotou definitivamente seu nome artístico Chubby Checker

 

Lançado no Outono de 1960, o hit "The Twist", do sucesso de R&B composto por Hank Ballard, resultou em milhões de cópias vendidas. A canção permaneceu nas paradas por quatro meses. Repetindo o feito no ano seguinte. O restante da década de 1960 esteve recheado de diversas músicas interpretadas por Chubby Checker. Destacaram-se "Let's Twist Again", "Pony Time", "The Fly", "Slow Twistin" e "Lymbo Rock". Para aproveitar a onda, a gravadora Cameo-Parkway lançou o álbum, Chubby Checker & Bobby Rydell, onde cada um canta os maiores sucessos do outro em mais de 7 minutos de hits inesquecíveis. Nas décadas seguintes o disco torna-se peça rara, mesmo nas lojas de antiguidades. Chubby Checker canta "Volare", música que estourou na voz de Bobby Rydell e "Let´s Twist Again" na interpretação de Bobby Ridell. Durante o auge de seu sucesso, na década de 1960, lançou seus álbuns pela Cameo-Parkway Records que, juntamente com todo o resto do material da gravadora, tornou-se indisponível depois do início da década de 1970 por disputas legais internas da companhia. Por décadas, quase todas as compilações dos sucessos de Checker eram feitas a partir de regravações. Checker lançou uma versão dançante de "Back in the USSR", dos Beatles, em 1969, que alcançou o segundo lugar nas paradas de sucesso. Foi a sua última aparição nas paradas até 1982.

 

Também gravou um álbum psicodélico no início dos anos 70 que foi lançado inicialmente apenas na Alemanha. O lançamento original não recebeu nome, porém a frase Chubby Checker Goes Psychedelic, escrita na contracapa, passou a ser tomada como o título. Em setembro de 2008 a canção "The Twist" chegou ao topo da lista, feita pela revista Billboard, como um dos singles mais populares a terem aparecido na parada de sucessos da mesma revista, Hot 100, desde 1958. Em 1987, ele gravou nova versão da canção com o trio de rappers The Fat Boys. As letras desta nova versão deixavam implícito que estava satisfeito com esta associação. Checker também interpretou a canção num comercial dos biscoitos Oreo, no início da década de 1990. ele ainda obteve, em julho do mesmo ano, o posto de primeiro lugar na parada de sucessos na categoria dance, com "Knock Down the Walls". Proprietário de seu próprio restaurante, Chubby Checker continua a se apresentar em público regularmente. A Hewlett-Packard resolveu lançar o Chubby Checker, um aplicativo para rapazes medirem o órgão sexual masculino. Em inglês, chubby é uma gíria para pênis. Os advogados do músico pedem uma indenização e alegam que a HP usou o nome de Chubby Checker sem a sua autorização para lançar o aplicativo. Eles dizem ainda que o software afeta negativamente a marca Chubby Checker e seu valor e vai manchar a imagem que ele trabalha para manter nos últimos 50 anos.