Johnny Winter

John Dawson Winter III nasceu em Beaumont, Texas no dia 23 de Fevereiro de 1944. Foi um guitarrista americano e cantor de blues. Johnny e seu irmão Edgar, ambos nasceram com albinismo. Sua carreira de gravação começou aos quinze anos, quando sua banda Johnny and the Jammers lançaram "School Day Blues" em uma gravadora de Houston. Em 1968, ele lançou seu primeiro álbum, The Progressive Blues Experiment, pela Sonobeat Records de Austin. Os músicos de apoio foi o baixista Tommy Shannon, o baterista Uncle John Turner e o seu irmão Edgar Winter nos teclados e saxofone. Mike Bloomfield convidou-o para cantar e tocar uma música durante um concerto de Bloomfield e Al Kooper no Fillmore East em Nova York em 1968. Os representantes da Columbia Records estavam no concerto. Winter tocou e cantou "It's My Own Fault", de B.B. King, e em poucos dias assinou um contrato com a Columbia. O seu primeiro álbum pela Columbia foi Johnny Winter, que foi gravado e lançado em 1969, com os mesmos músicos de apoio do seu primeiro álbum. No mesmo ano, o trio de Winter excursionou e se apresentou em diversos festivais de rock, incluindo o Festival de Woodstock. Winter também gravou seu segundo álbum, Second Winter, em Nashville em 1969. O álbum teve somente três lados gravados, com o quarto lado em branco. Também nesta época, Winter começou um romance, embora de curta duração com Janis Joplin, e fizeram um concerto no Madison Square Garden, em Nova York. Em 1970, quando seu irmão Edgar lançou o álbum solo Entrance e formou a Edgar Winter's White Trash, o trio original se dissolveu.

 

Johnny Winter formou então uma nova banda com os restos da banda The McCoys, com o guitarista Rick Derringer, o baixista Randy Jo Hobbs e o baterista Randy Z que é irmão de Rick. Originalmente chamado Johnny Winter and the McCoys, o nome foi encurtado para Johnny Winter And, que também foi o nome do seu primeiro álbum, lançado em 1970. Quando Johnny Winter começou a turnê, Randy Z foi substituído pelo baterista Bobby Caldwell. O álbum Live Johnny Winter And, gravado ao vivo durante o outono de 1970 no Fillmore East em Nova York e no Pirate's World em Dania, Flórida, foi lançado em março de 1971. Winter se afundou em dependência de heroína nesse período. Depois que ele procurou tratamento, se recuperou do vicio. Em 1973, ele retornou à cena musical com o lançamento de Still Alive and Well, uma mistura básica entre blues e hard rock. Saints & Sinners e John Dawson Winter III, foram dois álbuns lançados em 1974. Em 1977, depois que Muddy Waters saiu da sua gravadora, Winter trouxe Waters para o estúdio para gravar o álbum, Hard Again pela Blue Sky Records, um rótulo criado por Winter e distribuído pela Columbia. Winter produziu mais dois álbuns de estúdio para Waters, I'm Ready com Big Walter Horton na gaita e King Bee e também o álbum ao vivo, Muddy "Mississippi" Waters - Live.

 

A parceria produziu três prêmios Grammy para Waters e um adicional para o álbum de Winter, Nothin 'But the Blues, lançado em agosto do mesmo ano, com apoio de membros da banda de Waters. Em 1988, ele foi induzido no Blues Hall of Fame, o primeiro artista não-afro-americano a ser introduzido no Hall. Após o seu tempo com a Blue Sky Records, Winter começou a gravar para vários rótulos, incluindo a Alligator, Point Blank e Virgin.  Em 1992, ele se casou com Susan Warford. Começando em 2007, uma série de álbuns ao vivo de Winter intitulados Live Bootleg Series Vol. 1, que foi até o vol. 13, lançado em 2016, e Live from Japan, entraram nas paradas de blues da Billboard no Top 10. Seu último álbum de estúdio, Step Back com aparições de diversos músicos, foi lançado em 2 de Setembro de 2014. O álbum alcançou a posição 17 na Billboard 200. Winter também se apresentou com o The Allman Brothers  no Beacon Theatre, em Nova York, no 40º aniversário da banda. Em 2007 e 2010, Winter se apresentou com Eric Clapton no Festivais Crossroads Guitar. No Grammy Awards de 2015, o álbum Step Back ganhou a premiação de Best Blues Album. Em 16 de julho de 2014. Johnny Winter foi encontrado morto em seu quarto de hotel perto de Zurique, Suíça, dois dias depois de sua última performance no Festival de Blues Cahors na França em 14 de julho, na idade de 70. De acordo com seu amigo o guitarrista e produtor Paul Nelson, Winter morreu de enfisema combinado com pneumonia. Em 2008, a Gibson Custom Shop emitiu uma assinatura Johnny Winter Firebird V em uma cerimônia em Nashville com uma apresentação de Slash.

 Rockdigital