The Everly Brothers

 

Era um duo americano. Don Everly nascido em Powderly, no condado de Muhlenberg, Kentucky no dia 1 de fevereiro de 1937, e Phil Everly nascido em Chicago, Illinois no dia 18 de janeiro de 1939. Seu pai, Ike Everly, era um músico. Ike tinha um programa na rádio KMA e KFNF em Shenandoah, Iowa, em 1940, com sua esposa, Margaret. A família cantava junto ao vivo como Everly Family. Os Everly Brothers gravaram para a Columbia Records em 1956. No entanto, seu primeiro e único single, "Keep A 'Lovin' Me", foi um fracasso, e eles foram rapidamente expulsos da Columbia. A dupla assinou contrato com a Cadence em 1957. Sua música, "Bye Bye Love", foi rejeitado por outros 30 cantores, incluindo Elvis Presley, mas os Everlys viram potencial na música. Sua gravação de "Bye Bye Love" alcançou a segunda posição nas paradas Pop. Os irmãos excursionaram extensivamente com Buddy Holly, durante 1957 e 1958. Phil Everly foi uma das pessoas que carregaram o caixão com o corpo de Buddy Holly em seu funeral, em fevereiro de 1959. Depois de três anos na Cadence Records, o Everlys Brothers assinaram com a Warner Bros Records, em 1960.

 

Com o seu primeiro single, "Cathy's Clown", pela Warner, eles venderam oito milhões de cópias, tornando-se a música da dupla que mais vendeu. Pouco depois de assinar com a Warner Bros, os irmãos se desentenderam com seu gerente Wesley Rose e se separaram. Sua separação durou até 1964. Sua última canção Top 10 na Billboard foi "That's Old Fashioned". Seu alistamento no United States Marine Corps em novembro de 1961 também os levaram para fora dos holofotes. Depois do alistamento, os irmãos retomaram a carreira, mas o sucesso nas paradas já era limitado. Don era viciado em Ritalin, então não regulamentada, o que levou a um problema mais profundo. O vício de Don durou três anos, ele foi hospitalizado, por colapso nervoso. Em 1970, o seu contrato com a Warner Bros terminou, após 10 anos. The Everly Brothers retomou em 1971, e assinou um contrato com a RCA Records, para quem emitiu dois álbuns. Em 1973, durante uma apresentação no parque temático Knott's Berry Farm, o empresário da dupla entrou no palco e mandou parar o show, alegando a má performance de Don. Phil, irritado, quebrou o violão e abandonou o palco, e Don anunciou o fim da dupla. Após a separação, Phil e Don Everly seguiram carreiras solo durante uma década. 


Os irmãos se juntaram novamente no Royal Albert Hall em Londres, em 23 de setembro de 1983. Este concerto gerou um LP e vídeo ao vivo que foi bem recebido. Os irmãos voltaram então para o estúdio como um duo, pela primeira vez em mais de uma década, resultando no álbum, EB 84. O single "On the Wings of a Nightingale", escrito por Paul McCartney, foi um sucesso e os devolveu para as paradas dos EUA e Reino Unido. Durante as gravações do álbum, Bob Dylan ofereceu a canção "Lay, Lady, Lay" aos Everlys e a música acabou entrando no álbum. Eles, então, fizeram sucesso com o hit de música country com "Born Yesterday", em 1986, do álbum de mesmo nome. Durante este tempo o filho de Don, Edan Everly, muitas vezes se juntou aos irmãos Everlys Brothers no palco como guitarrista. Os irmãos também fizeram vocais com Paul Simon na canção que obteve o Grammy, a faixa-título do álbum Graceland, de Simon. Em 1986, os Everlys Brothers estavam entre os 10 primeiros artistas induzido no Rock and Roll Hall of Fame. Durante a cerimônia, eles foram introduzidos por Neil Young. Em 1997, eles obtiveram um Grammy Lifetime Achievement Award. no dia 3 de janeiro de 2014, Phil Everly faleceu aos 74 anos por decorrência de uma doença pulmonar, consequência de toda uma vida de fumante.

 Rockdigital