Band Aid

É um supergrupo de caridade que conta principalmente com músicos e artistas britânicos e irlandeses. O supergrupo foi formado por Bob Geldof, que era então o vocalista da banda irlandesa The Boomtown Rats. A BBC desempenhou um papel importante pela divulgação da pobreza que afeta os cidadãos etíopes e, assim, influenciou Geldof a agir, que decidiu tentar levantar dinheiro usando seus contatos na música pop. Geldof contou com a ajuda de Midge Ure, do grupo Ultravox, para produzir um registro de caridade. Ure pegou as letras de Geldof e criou a melodia e a faixa de apoio para o álbum. Geldof ligou para muitos dos artistas britânicos e irlandeses mais populares da época, persuadindo-os a dar o seu tempo de graça. Ele então manteve um compromisso para aparecer em um show na BBC Radio 1, com Richard Skinner, mas em vez de promover o novo material do The Boomtown Rats como planejado, ele anunciou o plano do Band Aid. O grupo era composto por quarenta e cinco artistas para conscientizar e financiar o combate a fome na etíope em 1983 -1985. O nome do projeto foi comparado a colocar um band-aid em uma ferida. Geldof procurava apoio de todas as nações para a África, começando no Reino Unido.

 

Para fazer isso, 45 artistas gravaram um single "Do They Know It's Christmas?", Retratando o cenário africano da época. O estúdio de gravação deu ao Band Aid não mais do que 24 horas livres para gravar e mixar o álbum, em 25 de novembro de 1984. A gravação aconteceu no SARM Studios em Notting Hill entre 11h e 19h, apesar de algumas faixas básicas terem sido gravadas no dia anterior no estúdio caseiro de Midge Ure. A filmagem foi levada às redações onde foi ao ar enquanto o restante do processo de gravação continuava. Mais tarde a bateria de Phil Collins foi gravada. Tony Hadley, do Spandau Ballet, foi o primeiro a gravar seu vocal, enquanto uma seção cantada pelo Status Quo foi considerado inutilizável e substituída por uma seção composta por Paul Weller, Sting e Glenn Gregory, do Heaven 17. Simon Le Bon do Duran Duran  cantou entre as contribuições de George Michael e Sting. Boy George chegou às 6 da tarde, depois que Geldof fez um acordo por telefone para que ele viesse de Nova York no Concorde para gravar sua parte solo. Na época, o Culture Club estava no meio de uma turnê nos EUA. Paula Yates, parceira de Bob Geldof, é considerada o cérebro por trás do Band Aid original.

 

O álbum foi lançado em 3 de dezembro de 1984, e o single foi lançado em 15 de dezembro, e foi direto para o número 1 na UK Singles Chart. Tornou-se o single mais vendido de todos os tempos no Reino Unido. Após as apresentações ao vivo do concerto de rock do Live Aid, realizado em 13 de julho de 1985, no Wembley Stadium em Londres e no John F. Kennedy Stadium na Filadélfia. Alguns artistas apresentaram-se também em Sydney, Moscou e Japão. Foi uma das maiores transmissões em larga escala por satélite e de TV de todos os tempos. O festival deu ao dia 13 de julho o título de Dia do Rock no Brasil. O single "Do They Know It's Christmas?” foi relançado no final de 1985. Em 1989, uma nova formação foi reunida depois de outra onda de fome na Etiópia. A Band Aid II regravou o single, e a canção foi novamente a primeira colocada na UK Singles Chart. Em 2004 outra formação, chamada de Band Aid 20, gravou mais uma vez o single, desta vez para o aniversário de 20 anos do projeto. Vinte anos depois, em julho de 2005, organizou-se o Live 8, uma série de show que aconteceram nos países integrantes do G8. Nesse evento, o Pink Floyd se reuniu, depois de vinte anos de separação. Em 2009 a banda Air Supply, regravaram o single. A versão do Band Aid 30 foi gravada em 15 de novembro de 2014, com todas as contribuições para a luta contra a epidemia do vírus Ebola na África Ocidental. 

 Rockdigital